Futebol - ( - Atualizado )

Sede do Shakhtar Donetsk é invadida por homens armados

Donetsk (Ucrânia)

Depois de ter seu estádio (Donbass Arena) e centro de treinamento bombardeados, o Shakhtar Donetsk viu sua sede ser invadida por um grupo de homens armados. Em nota oficial, o clube ucraniano afirmou que abriu investigação para apurar as circunstâncias da invasão.

Donetsk está em uma das regiões mais atingidas pelo conflito entre russos e ucranianos, que iniciaram uma disputa por territórios depois da deposição do então presidente da Ucrânia Viktor Yanukovych, que aconteceu em fevereiro deste ano. Para garantir a segurança dos jogadores, a diretoria do Shakhtar transferiu a administração do clube para Kiev e dos jogos e treinos para a Arena Lviv.

Em julho, cinco jogadores brasileiros cinco jogadores brasileiros – Alex Teixeira, Douglas Costa, Fred, Isamaily e Dentinho – e um argentino - Facundo Ferreyra (que se transferiu para o Newcastle recentemente) – aproveitaram que o Shakhtar disputou um amistoso na França e não retornaram à Ucrânia. O meia Bernard estendeu suas férias no Brasil e se reapresentou ao clube com alguns dias de atraso.

Divulgação
Sede original do Shakhtar Donetsk - que transferiu sua administração para Kiev - foi invadida