Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Vitória faz lição de casa, bate Sport novamente e avança às oitavas

Salvador (BA)

A tarefa do Vitória era fácil e o time baiano não decepcionou. Na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Leão da Barra conseguiu esquecer o mau momento na competição nacional, derrotou o Sport por 2 a 1 diante de seu torcedor nesta quarta-feira, e está classificado para a segunda fase da Sul-americana. Willie e Marcinho garantiram o triunfo, enquanto, Rithely descontou.

Depois de confirmar a classificação nesta quarta-feira, o Vitória chega às oitavas de final da competição continental, mas vai demorar para voltar a campo. O time baiano precisa esperar a definição do confronto entre Emelec, do Equador, e River Plate, do Uruguai, pelo qual ainda não realizado sequer o primeiro jogo.

Vantagem ampliada rapidamente

Preocupada com a situação da equipe no Campeonato Brasileiro, pelo qual briga contra o rebaixamento, a torcida do Vitória não compareceu em bom número ao Barradão. Por causa da situação na competição nacional, Ney Franco optou por escalar um time misto, já que havia vencido o primeiro jogo fora de casa, e ainda assim conseguiu ficar em situação ainda mais confortável.

Se o começo do jogo irritava, principalmente com a bola na trave de Ibson aos sete minutos do primeiro tempo, o torcedor do Vitória teve motivos para comemorar logo depois. Aos 21, Willie recebeu o lançamento de Richarlyson, percebeu que Magarão estava adiantado, e mostrou categoria para tocar por cima do goleiro pernambucano. Os baianos se aproximavam ainda mais da classificação.

Vitória leva susto, mas define

Depois de perder o primeiro jogo em casa, o Sport precisava virar a partida para garantir a classificação às oitavas de final. Desta forma, a equipe pernambucana voltou do intervalo em ritmo mais acelerado, e ao menos conseguiu o empate. Logo aos cinco minutos, Danilo fez o cruzamento para área, Mansur furou, mas Rithely apareceu para testar com firmeza.

A igualdade no marcador deixou o jogo mais aberto. O Sport passou a acreditar que poderia eliminar o Vitória, teve chances de marcar o segundo gol, mas os donos da casa retomaram o controle aos 28 minutos do segundo tempo. Depois de boa jogada de Nino Paraíba pela direita, a bola chegou ao meia Marcinho, que, livre de marcação, apenas empurrou para o fundo das redes.