Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Wilsão lamenta longa série sem vitórias: "Um castigo grande"

Recife (PE)

Na derrota para o Sport por 2 a 0, o Criciúma criou boas chances no primeiro tempo, mas desperdiçou todas e deixou escapar o que poderia ser a primeira vitória fora de casa e o fim de uma série sem vitórias que já dura oito jogos. Wilsão, técnico interino do Tigre, demonstrou preocupação com o fraco rendimento de sua equipe.

“Não conseguimos manter a mesma força no segundo tempo e tomamos os gols em desatenção nossa. Tomamos o primeiro gol numa bola parada em que não acompanhamos o jogador deles no rebote. O segundo foi em outra desatenção, um castigo grande pelo que fizemos no primeiro tempo, quando tivemos posse e oportunidades”, lamentou Wilsão.

Além disso, o interino também deu nota três para o futebol apresentado pelo seu time no segundo tempo, apontando a falta de atenção como o principal problema. O primeiro gol dos pernambucanos saiu em uma jogada de bola parada, na qual Neto Baiano ficou livre de marcação em frente ao goleiro Luiz. Já o segundo foi resultado do rápido toque de bola na entrada da grande área, culminando no gol de Danilo.

“O futebol é rápido e dinâmico, e num centésimo de segundo um jogo pode se definir. Vamos cobrar mais atenção de todos, na minha opinião é o que mais precisa. Daqui a pouco, a bola que vai na trave entra e vira três pontos, uma vitória. Enquanto isso não ocorre, não tem como ser diferente de treinar e fazer o que temos feito, mas com mais atenção”, explicou o técnico.

Divulgação/Criciúma E. C.
Interino aponta falta de atenção da equipe em lances decisivos
Essa derrota marca o oitavo jogo sem vitória do Criciúma no Brasileirão e a perigosa 17ª posição na tabela, sendo o primeiro na zona de rebaixamento. No entanto, o Tigre tem os mesmos 17 pontos do Palmeiras e uma vitória a menos.

“A luz vermelha está acesa faz tempo, mesmo com um turno pela frente. É preocupante, mas tem que trabalhar e não desanimar. Se na primeira dificuldade vamos desanimar, fica mais difícil. Vamos acreditar e treinar, não tem milagre. Mas trabalhar bastante”, alertou Wilsão.

Na sequência da Série A do Campeonato Brasileiro, o Criciúma recebe o Corinthians no Heriberto Hülse, em Santa Catarina. O jogo acontece no próximo domingo, às 16 horas, e é válido pela 19ª rodada. Caso vença a partida, o Tigre ainda precisa torcer por uma derrota do Palmeiras diante do Atlético Paranaense.

Antes do confronto no Brasileirão, o time catarinense ainda viaja para a capital paulista onde enfrenta o São Paulo, no Morumbi, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-americana. A partida acontece nesta quinta-feira, às 20 horas. No jogo de ida, o Criciúma venceu a equipe de Muricy Ramalho por 2 a 1.