O Brasil e seus vícios

Difícil falar sobre futebol, depois da tragédia de Santa Maria. Um incêndio, casa superlotada, uma única saída, nenhum alvará de funcionamento e 231 mortos. A dor da perda fruto do descaso das autoridades comove e revolta.  No país da propina, do jeitinho, do lucro fácil e da impunidade, infelizmente a reflexão só acontece depois do desastre.

E são essas características de um Brasil promissor, mas contaminado com antigos hábitos, que tornam possível um paralelo com o futebol.  Estamos às vésperas de uma Copa do Mundo. Dentro de poucos meses acontece a Copa das Confederações.  A contrapartida da realização do mundial, o legado a ser herdado pela população como as obras de mobilidade urbana e a melhora da infraestrutura de serviços, ainda não recebeu a atenção devida. Nem 10% das obras da Matriz de Responsabilidade para a Copa do Mundo estão prontas. Por outro lado, notícias de superfaturamento e desvio de recursos emergem com o aproximar do evento.

Auditoria do Tribunal de Contas de Brasília, por exemplo, aponta desvio de mais R$ 100 milhões na construção do Mané Garrincha, na capital federal. Sem falar no aumento do orçamento inicial em quase 60%. A má gestão do dinheiro público, presente em praticamente todas as áreas, também pauta a organização da Copa do Mundo, seja por incompetência ou por interesses escusos. A tragédia, neste caso, está no bolso do cidadão que trabalha e vê o dinheiro pago em impostos gasto de maneira indevida. Não há dor, mas sobra revolta.

E é esse dinheiro tão cobiçado que, invariavelmente, lubrifica os esquemas de corrupção que trava e atrasa esse país. Não falta quem queira ganhá-lo com facilidade. Falta porém, a grande disposição da contrapartida.

15 comentários em “O Brasil e seus vícios

  1. Essa é uma grande verdade! Infelizmente o que freia nosso país é justamente esse individualismo e ganância típicos de populações mal preparadas e individualistas. Sabemos que o nosso sistema político e econômico atual (capitalismo), realmente estimula esse tipo de atitude mesquinha e “canibal”; porém também sabemos e constatamos, em países mais antigos que o nosso, e que conseguiram atingir melhores e mais equilibradas condições sociais, que esse “jeitinho” somente nos “auto enterra”. Celso Cardoso, estou 100% contigo nesse comentário! Somente quando mudarmos nossa cultura de “país de malandro”, é que nossa “malandragem” deixará de COBRAR CARO sobre as VIDAS HUMANAS que aqui habitam.

  2. Isso já havia acontecido na Argentina há uns 9 anos e também em BH. É inadmissível que se faça pirotecnia em ambiente fechado. Além disso, ocorreram inúmeras falhas, segundo o que foi apontado pela imprensa, que são absurdas. Espero que se apure a verdade.

  3. Celso, acho válida a sua análise, mas não concordo com uma colocação: “a dor da perda fruto do descaso das autoridades comove e revolta”. Então o dever do estado é servir de babá para tudo, tendo que fiscalizar 100% das ações de todos, sob a premissa de que todos os cidadãos são marginais prestes a cometer um crime? Um cidadão pode fazer o que quiser quando quiser, e se não for “pego” a culpa é do estado? Na minha opinião essa é a raiz do “jeitinho Brasileiro”: o pensamento de que caso eu não for pego, estão posso fazer. Corrupção governamental é apenas uma consequência.
    A maior parcela de responsabilidade por essa tragédia tem que cair sobre o dono do estabelecimento, e não sobre “as autoridades”. Foram “as autoridades” que decidiram superlotar a casa, ou que decididiram não fiscalizar se a banda se apresentando tinha fogos de artifícios, ou que não treinaram os seguranças corretamente? É o dever das “autoridades” ir até todos os estabelecimentos todos os dias para fiscalizar se tudo está sendo feito conforme a regra? Ando notando que no Brasil se usa demais essa lógica de que todo sucesso é resultado dos esforços de um povo trabalhador que nunca desiste, mas todo fracasso é culpa “das autoridades”.
    Acho válida a observação sobre os desvios de verbas nas obras para Copa do Mundo, mas a analogia em relação ao acidente em Santa Maria é falha e fora de contexto.

    • Caro Orloff! Continuo com a mesma posição. Como a prefeitura de Santa Maria poderia liberar um avará se a casa não era segura? Embora a boate estivesse há seis meses sem permissão, nos outros dois anos contou com o aval dos governantes, tão responsáveis quanto aqueles que estão na Justiça agora. Além do mais, não faltam exemplos de proprietários de estabelecimentos que ganharam autorização mediante pagamento de propina. Se é o caso de Santa Maria, eu não sei. Mas cabe a investigação.

  4. Não é Facil ser Brasileiro, Celso Cardoso, apesar do Brasil ter seus Vícios Celso é um dos Paises mais Lindos do Mundo muitos paises queriam ser o Brasil porque faixa territorial do Nosso país é muito grande, O Brasil Celso pode ser o País da Propina, do Lucro Fácil, e da Impunidade também, mas muitos estrangeiros gostam do Brasil porque o Brasil tem muitas Festas,Mulheres Lindas e Gostosas, e uma Fauna e Flora muito rica e Terras para agricultura ricas em cultivos ou seja os Estrageiros quando vem aqui Para o Brasil Celso eles Ficam até Loucos porque nós Países deles não tem tanta festa assim, só os Americanos, Japoneses, Europeus,Chineses muitos estrangeiros não querem nunca mais Voltar para os paises deles porque aqui Celso é Tudo Liberado,Tem muitas Festas,Mulheres Lindas e Gostosas, O Brasil Celso é como se fosse um Paraíso Fiscal manda quem tem mais Poder o Dinheiro………..

  5. Este tipo de barbaridade não acontece só no nosso país. Volta e meia acontece acontece uma desgraça destas em algum lugar do mundo, basta que a ganância de um irresponsável suborne a ganância de alguma ‘otoridade’ responsável pela segurança e pronto. O ser humano pode, muitas vezes, ser uma grande porcaria, independente de nacioanlidade, raça, religião, idima, etc.

  6. Concordo em genero, numero e grau. Não é somente culpa das autoridades. Além do jeitinho brasileiro, a famigerada lei de Gerson (levar vantagem em tudo), mas acima de tudo a ganancia levam a estas tragedias.

  7. Celso domingo nao teve clima pro futebol foi a primeira noticia que eu vi na tv,tragedia no Brasil como voce disse Celso a seguranca das pessoas nao esta’ em primeiro lugar infelizmente,o Brasil que ta crescendo a economia umas das principais do mundo com copa do mundo ainda tem corrupcao que faz essas tragedias do Rio Grande Sul e outras serem quase comuns,abraco

  8. É cansativo ver os empregados da midia, chamados colunistas sempre culparem o governo por tudo o que acontece de mal no pais.Nem o rabo deles não enxergam. Realmente enche o saco de quem tem um minimo de inteligencia. Na tragédia de Santa Maria houve um culpado: o infeliz que acendeu aquela desgraceira de sinalizador. Nos campos de futebol, a porcaria faz tanta fumaça que vc não enxerga nem o campo de jogo. Imagina num local fechado como o da boate. Se ele não tivesse feito a extrema besteira, estariam todos vivos. Esse é o culpado. A fumaceira que ele provocou aliado ao fogo que ELE também provocou, deu no que deu.
    E agora, para a imprensa ficar feliz, o Brasil tem que levar a culpa.
    Cuega. Cansei.

  9. Celso Cardoso, dê uma lida na letra do clássico do rock Smoke on the water. Por ali dá pra se perceber que burrice não é novidade e nem exclusividade brasileira.

  10. Celsinho, não tem como não estar indignada c/ essa situação. Já não tem segurança em lugar nenhum nesse país daí qdo vc sai p/ se divertir todo feliz pode nem voltar p/ casa pq pode estar morto. Moro em São Paulo – SP e tenho amigos em Sta Maria – RS. Felizmente todos sobreviveram. Eles foram na Kiss no sábado. Não sei se conseguiram sair ou se não entraram ou se desistiram ao chegar na porta. O fato é q meus amigos voltaram ilesos p/ casa. Estou triste por outros q não tiveram a mesma sorte deles mas mto grata e feliz pelas vidas dos meus amigos terem sido poupadas. Eles estão mto abalados mas bem de saúde. O pior é q qdo passar o tempo, o governo vai fazer o q sempre fez: Nada. Bjs

  11. Discordo de vc. Se existe regras e leis são para serem cumpridas. O que aconteceu simplesmente rolou propina e o cara liberou.
    Se ela tivesse fechada nada teria acontecido é simples.

  12. Realmente, faço minhas suas palavras, mas, na empresa que trabalha tem gente que apoia o estádio sem cadeiras (mentes evoluídas) e um desses ainda coloca a culpa no engenheiro, como pode é fácil ter o poder do microfone e só falar besteria e ainda se achar o dono da razão (só ele sabe das coisas), depois acontece os acidentes, desastres, querem achar o “culpado”, somente educação muda um povo, se todos tiverem… Agora o engenheiro tem que adivinhar que naquele espaço vai ser ocupados por uns 5 mil torcedores com 120 quilos cada um, vou fazer os cálculos… Assim fica difícil, mudar algo nesse país, gosto muito da suas opiniões, mesmo as vezes não concordando com algumas, sabe coloca-las muito bem, parabéns.

    Abraço

    Claudio Bellinati

  13. Celso. Estou chegando a conclusão que os reclamos sobre as obras da copa, são exagerados.
    São esperados 500.000 visitantes na copa, e o terrorismo da palavra, de que tudo no Brasil não presta, tenta fazer acreditar que isso será o caós.
    Uma grande falácia. No carnaval, chegam mais de 2.000.000 de turistas, com os mesmos aeroportos, mesmos hotéis, e tudo funciona.
    Dá a impressão que o Brasil é incompetente em tudo.
    Com paises da europa, com mais de 25% (um quarto da população) desempregada, a beira da falência, EUA se arrebentando para colocar a cabeça fora da água, China e paises asiaticos, merculhados em uma poluição estratosférica,e o que vemos aqui?
    “Aqui é o pior dos mundos”, “Nada presta”.
    Celso, você tem certa razão,em alguns pontos, mas sinceramente, todo esse pessimismo em relação a copa no Brasil, está passando dos limites, e parecendo que porque alguns intelectuais sairam por ai atirando sem olhar todos os aspectos, hoje é “politicamente correto” (não é), criticar a copa, e tudo o mais.

    Veja sou Corinthiano, e fiquei simplesmente abismado de ver algumas figuras na TV, que se apresentam como analistas de economia de grandes redes e jornais, simplesmente emitirem opiniões sobre os tais “Cids”, de chofre assim que foram lançados, sem entenderem bolhufas do que são, taxando como “renuncia fiscal”, e dizem isso, com tanta pomposidade que acreditam que todos nós somos idiotas, e eles são os senhores da verdade.

    Um deles pelo menos, da maior rede de TV, depois de emitir um comentário sobre o assunto sem saber bem o que se tratava, parece que agora caiu a ficha e simplesmente empurrou para baixo da mesa, as besteiras que disse.

    Certamente deve ter ficado corado em particular, pelo vexame.

    “Renuncia fiscal”, de uma receita que nunca existiria, se nenhum empresário fizesse investimentos em Itaquera, aproveitando os incentivos para desenvolvimento daquela região, dormitório de pessoas.

    Itaquera, agradeceria se a grande emissora de TV, montasse seus estúdios e departamentos lá, e recebesse os incentivos fiscais.

    No entanto, segundo os “çábios”, eles não vão se estabelecer lá, porque estarão usando “dinheiro publico”.

    Está certo. Não vão prá lá, e o erário economiza o que cara pálida?

    E, infelizmente como uma zebra dessas diz isso em horário nobre, quase vira verdade né?

    Mas não virará, simplesmente porque é absurdo.

    Como absurdo são as criticas à copa, como se não viesse para o Brasil, seria a panacéia de todos os nossos males.

    Faça-me o favor né? Como diria aquele simpático apresentador da Band, de programa policial.

    Porém reitero, te acompanho e acho um dos jornalistas apresentadores de TV, mais educados e éticos nos meios do esporte.

    Você nunca trata assuntos delicados com impropriedade. Não sei quem o inspirou, mas deve ter tido um bom mestre, ou aprendido observando em outros o que não se deve fazer, ou dizer.

    Resumindo, vou dar um chute, que você antes de jornalista, foi um torcedor, que soube captar o que ele sente, o que ofende e agrada e coloca em prática com categoria.

    Grande parte de jornalistas esportivos, acham que sendo irônicos, são engraçados, ou refletem inteligência, e não percebem que estão perdendo fãs.

    Você está fora dessa escola. Parabéns.

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>