Mano está virando o jogo?

AFP

AFP

As dúvidas sobre seu plano tático ( “filosofia de jogo”, como se costuma dizer ) de Mano Menezes podem estar começando a desaparecer. Nada a ver com a vitória sobre o Iraque, mas da goleada sobre os japoneses. Foi de repercussão mundial. Seja pela colocação dos nipônicos no ranking da Fifa, seja pela invencibilidade que eles vinham sustentando desde o dia 23 de maio deste ano.
Podem até os eternos pessimistas alegar que os asiáticos sentiram o velho respeito ante a camiseta amarela e – sem trocadilho – teriam amarelado. Ou será que o problema é que o treinador italiano ainda não conseguiu ainda estabelecer um sistema mais perfeito de marcação? Parece mais viável a segunda hipótese.
De fato, sem um atacante fixo dentro da área deles, como que se confundiram. Acharam que era fácil sair pro jogo. E foram com tudo. Daí, os contra-ataques jorraram faceis demais.
O que chamou a atenção foi a simplicidade como os volantes conseguiam chegar, a começar pelo incrível Paulinho e sua mania de fazer gols.
Moral da história: o esquema de Mano funcionou. Era consenso que seria partida difícil. Não foi. Disputada, sim. Jogando e deixando jogar, também. Jogo limpo, de passes bonitos ( dos dois lados ) só que a seleção brasileira entrou para fazer gols. Enquanto o Japão, se pensou nisso, não teve a maior condição de chegar lá.
Hoje, mais solta e muito rápida, a bola tocada por Neymar e sua turma ( euper reforçada por Kaká ) tem muito mais jeito de futebol brasileiro. Tomara que continue desse jeito. Precisamos acreditar que o técnico vai mudando o time para melhor, gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>