Série B na reta final

Quem está acompanhando o São Caetano na série B do Brasileiro fica em dúvida se o clube quer ou não retornar a elite do futebol brasileiro em 2013.
Dispensou dois técnicos, Sergio Guedes e Leão, quando a equipe estava bem classificada, sem que alguém pudesse entender as explicações dos dirigentes.
Com Ailton Silva no comando, a equipe vence fora de casa e perde pontos importantes no Anacleto Campanela. Sábado não foi diferente.
Saiu na frente do já promovido Goiás, sofreu o empate, teve um jogador  injustamente expulso e ainda desperdiçou um pênalti que lhe daria a vitória e o deixaria na condição de depender apenas de si na última rodada para ficar entre os quatro que vão para a séria A.
Na reta final, a CBF confirma que não tem árbitros novos em condições de apitar os jogos mais importantes da segundona brasileira. Escalou o consagrado Leandro Vuadem, que encheu o vaso de lambanças.
Para um árbitro FIFA com as qualidades que possui, não poderia ter marcado pênalti em Vandinho por estar mal posicionado e ter que voltar atrás pela correta interferencia do assistente Dilbert Pedrosa.
Para completar, mostrou o segundo amarelo para o atacante do São Caetano e, consequentemente, injustamente o vermelho. Vandinho provocou o choque e caiu, ele não simulou. Será que Vuadem ainda não aprendeu o que é simulação?
O rigor que sobrou para expulsar, faltou para aplicar a regra corretamente na execução do segundo penalti a favor da equipe do ABC.
O goleiro Harley adiantou-se, e muito, fez a defesa e nem Vuadem nem Dilbert, cumpriram a regra e repetiram a cobrança mal feita por Airton.
Tem árbitro consagrado que para uns aplica a regra e para outros interpreta as mesmas regras. Como diz o macaco: “o critério é a falta de critério”. Não deixa de ser um critério, né?
Goiás e Criciúma já se garantiram na elite no ano que vem. As duas vagas restantes serão preenchidas por Vitória e Atlético Paranaense, que dependem só de si ou São Caetano que precisa vencer o Guarani e torcer para que um dos dois concorrentes perca.
A vitória do São Caetano pode não classifica-lo e ainda rebaixar o Guarani. É mole?
A exemplo do que tivemos em Criciúma, tem jogo que vai atrasar pra caramba. É o jeito malandro de se fazer futebol no Brasil. O respeito que se exploda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>