O clássico da Vila

Sempre que temos erros de arbitragem confirmando ou anulando gols, fica a pergunta: “se não tivessem errado o placar seria esse?” – Não sei.
Depois do chocolate que o São Paulo levou do Santos na Vila Belmiro a pergunta tem fundamento.
Quando estava 1 a 0 para os santistas, Luis Fabiano empatou de cabeça e o gol foi anulado por impedimento, erro da assistente Tatiane Camargo.
No segundo tempo foi a vez do assistente Hermam Vani indicar posição de impedimento inexistente do Fabigol.
O goleiro Rafael defendeu o chute mas, sempre ficará uma dúvida.
O Luis Fabiano errou o gol ou a finalização foi displicente porque o árbitro já havia apitado?
Não sei se foi ajudado ou não pelo árbitro adicional, mas Flávio Guerra acertou em marcar pênalti de Paulo Miranda em Neymar.
Aliás, para que dar um carrinho daquele quando o adversário está indo para a linha de fundo e tem um companheiro na cobertura?
Além dos erros da arbitragem os torcedores tricolores podem usar a ausência do líder Rogério Ceni e o desgaste da viagem a La Paz para justificar o placar final de 3 a 1.
Na ausência do goleiro artilheiro foi possível ver Jadson marcar um lindo gol na cobrança de falta que nomalmente seria executada por Ceni.
Mais feio do que o rendimento do Paulo Henrique Ganso foi o espetáculo proporcionado por alguns torcedores do Santos que agrediram o atleta com moedas, atiradas ao gramado.
Atitude completamente desnecessária e que pode levar o Santos ao Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol.
Uma punição como perda do mando de campo vai prejudicar somente aqueles torcedores que gostam de comparecer a Vila Belmiro para assistirem o show de Neymar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>