Especial, nazista ou fujão?

Bristol (EUA) – Por sua própria definição, quando era técnico do Chelsea, José Mourinho é um “ser especial”. Outras pessoas parecem divergir de tal opinião.

Pelo menos é o que se  depreende de uma coluna publicada no jornal espanhol Marca em que o autor define Mourinho como “o tipo de pessoa que abandona o local, depois de causar um acidente de carro”.

José Mourinho não gostou e está processando o colunista, por se considerar “difamado”. Ressalta, porém, que respeita “a liberdade de expressão”.

No ano passado, outro jornalista espanhol criticou Mourinho, em El País, chamando-o de “português nazista”.

José Mourinho também processou-o. Português, vá lá, nazista é demais.

Resta saber quando alguém, que não o próprio Mourinho, vai chamá-lo de “especial”.

Eu nada digo, mesmo que me seja perguntado.

2 comentários em “Especial, nazista ou fujão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>