O Clube da Mala Branca

AFP

AFP

Bristol (EUA) – “The White Bag Club” – o clube da mala branca. Este era o apelido da turma de ciclistas que se dopavam em competições como o Tour de France, segundo o americano Tyler Hamilton, ex-integrante da equipe de Lance Armstrong, a US Postal Service.

Tyler Hamilton, que acaba de lançar um livro sobre o assunto (“The Secret Race”) diz que nas próximas semanas muitas outras revelações vão  surgir sobre o uso de doping em competições de ciclismo. Pelo que ele conta, dos ciclistas que conheceu em seus diversos anos no Tour de France apenas um se recusava a tomar doping: o francês Christophe Bassons. O italiano Filippo Simeoni tomava mas se arrependeu e parou. Ambos foram relegados ao ostracismo, por iniciativa de Lance  Armstrong, e Bassons teve que encerrar a carreira.

Tyler Hamilton não esconde sua opinião de que, ao longo de todo o tempo, a Union Cycliste Internationale (que vem a ser a Federação Internacional de Ciclismo) foi conivente com a dopagem usada, propagada e incentivada por Armstrong. Este acabou desistindo de protestar sua inocência diante das acusações da Agência Anti-Doping dos Estados Unidos (a USADA), mas sabe-se que Travis Tygart, o diretor da agência, já recebeu três ameaças de morte, obrigando-o a recorrer a serviços de segurança.

Tyler Hamilton acredita que agora, finalmente, o ciclismo internacional começa a limpar sua imagem, embora haja ainda muita coisa a ser esclarecida. Faz também uma revelação curiosa: a turma de Lance Armstrong batizou o hormônio  EPO (Erythropoietin) de Edgar Allan Poe, o conhecido escritor americano. Quando perguntavam se alguém tinha algum Poe ou  algum Edgar disponível, todos sabiam do que se tratava.

2 comentários em “O Clube da Mala Branca

  1. Sr.Werneck:
    Na Wikipedia ainda consta ele como o campeão de 1999 a 2005, em outros sites também, gostaria de saber se a UCI realmente vai tirar seus títulos ou se ainda vai haver recurso na corte na Suíça??? Um abraço e obrigado.

    P.S.: o post sobre o Ed Whitlock é sensacional.

  2. Pingback: truthaboutabsa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>