Quem é o “ghost-writer” de Ronaldo?

Bristol (EUA) – Li um oba-oba assinado por Ronaldo, o garoto-propaganda da Copa de 2014, que é o que se pode esperar: um rosário de projeções otimistas que, basicamente, procura nos convencer que a realização do evento já está, agora mesmo, neste exato momento, gerando incríveis benefícios para o país e sua população. Quanto ao que acontecerá no ano que vem, Ronaldo não deixa dúvida: o Mundo inteiro (não apenas a Europa) se curvará ante o Brasil.

A realidade é que as coisas andam bem mais devagar do que Ronaldo diz, o orçamento explodiu, o dinheiro da iniciativa privada não apareceu ou deu apenas um leve ar de sua graça, alguns projetos vão ficar apenas no papel e outros já foram abandonados.

Digo isto, repito – como tenho dito no passado – como uma pessoa que acha meritória em si a realização tanto da Copa quanto da Olimpíada. O diabo está nos detalhes. E, nos detalhes, já vamos deixando a desejar. Entre a ideia e a realidade, cai a sombra.

Mas é lógico que Ronaldo apenas concordou com o oba-oba e assinou. Quem foi seu “ghost-writer”? Como ficcionista, merece parabéns.

Um comentário em “Quem é o “ghost-writer” de Ronaldo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>