Vergonha 2

Bristol (EUA) – A segunda vergonha é o escândalo internacional com resultados arranjados em futebol. Até encontros de classificação para a Copa do Mundo estão sob suspeita, além de um jogo da Champions League disputado na Inglaterra, num total de 680 partidas sob investigação no do planeta, incluindo a América do Sul.

(Revendo meu “post”, verifico que dois parágrafos inteiros desapareceram, coisas da tecnologia virtual.) O que eu estava dizendo é que o cérebro da operação é um certo senhor Dan Tan, baseado em Singapura. A patifaria vem acontecendo desde 1999. Há casos célebres de suborno no futebol brasileiro, como o do goleiro argentino Dominguez, em um Fla-Flu, creio que em 1969. Agora porém os resultados arranjados são manipulados a longa distância.

Como é que um torcedor, indo a campo, pode confiar que o que está vendo diante de seus olhos é para valer mesmo?

Os criminosos estão sempre um passo à frente da lei.

2 comentários em “Vergonha 2

  1. acho crítica esta situação da manipulação de resultados, e mais crítica ainda a pouca repercussão que está dando no Brasil, principalmente em canais que veiculam o futebol… é como se quisessem fazer de conta que isso não acontece no Brasil… mas temos exemplos estranhos, que deveriam ter sido investigados e não foram… tipo o jogo Palmeiras e Corinthians, quando mais uma vez ressucitaram o P.C.Oliveira (que sempre aparece em “momentos especiais”) e o Jornal da Tarde divulgou, ANTES DO SORTEIO NA FEDERAÇÃO, que o árbitro seria ele… após, o “sorteio” confirmou… começa a partida e o P.C.Oliveira parece uma metralhadora de dar cartões amarelos pros jogadores do Palmeiras, até conseguir o que queria, expulsar o zagueiro logo no 1º tempo… algo que ele já tinha feito na final do paulistão de 1999… que engraçado, era palmeiras e Corinthians também…. pois bem, deixa pra lá… vamos fingir que o futebol brasileiro é sério, e eu sou o Bozo!

  2. caro Werneck, não sei se você leu ou teve qualquer informação sobre a matéria da revista France Football, “Qatar gate” (sobre a compra do mundial de 2022)? naquele dia, prestei atenção na mídia brasileira para ver qual seria a repercussão do caso. olha só, praticamente todos os canais mostraram o fato, menos a Globo. Na Argentina, o presidente da federação de futebol anunciou sua demissão no mesmo dia (a matéria criticava também a organização do jogo entre Brasil e Argentina em Doha, a qual Zidane [meu jogador favorito] assistiu. aliás, ele recebeu quase 12 mi do Qatar para romover a candidatura desse páis.) Dias depois, a mesma emissora relata o caso do escândalo das apostas. Por que esses dois tratamentos?
    uma coisa é certa, o futebol está podre. nem me surpreendo que falte até talento nos gramados, nem Messi ou CR7 me fazem esquecer os gigantes que eram Zidane, Ronaldo, Baggio. Acho que isso tem a ver, um ambiente corrupto no futebol internacional não pode produzir “poesia” no futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>