Uma bala na agulha

AFP

AFP

Bristol (EUA) – Muita coisa ainda resta a se descobrir no caso da morte da namorada de Oscar Pistorius, mas a Nike teve que remover às pressas todos os vestígios de seu último comercial com o atleta, proclamando que ele é “a bullet in the chamber”. Uma bala na agulha.

Estranha também é a história de um jornalista que entrevistou Oscar Pistorius há algum tempo e teve acesso ao seu quarto de dormir. Lá, para sua supresa, viu que Pistorius tinha uma pistola na cama, um bastão de beisebol e outro de críquete atrás da porta, e, no chão, uma metralhadora.

Depois da entrevista, Pistorius levou o jornalista a um galpão de tiro onde, disse, costumava “espairecer”.

Dizem ainda que Pistorius sempre foi fã de Mike Tyson.

Tais notícias não provam nada, mas revelam um lado no mínimo intrigante da personalidade do atleta. Fora das luzes da ribalta, Pistorius não parecia ser uma pessoa muito simpática, como ficou um pouco à mostra no episódio em que acusou o brasileiro Alan Oliveira de tê-lo derrotado com “métodos escusos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>