Mayweather é suspeito de brigar com mãe de sua filha

A polícia trata com algumas reservas e evita mais detalhes. O certo é que o americano Floyd Maywerather, 35, é suspeito de discutir violentamente com Melissa Brim, mãe de sua filha, e de roubar-lhe um objeto pessoal não identificado. O desentendimento teria ocorrido no último dia 9 na Baystone Street, exatamente onde reside a mulher e perto da casa de Mayweather. O pugilista tem outros filhos com outras mulheres.

As autoridades se dirigiram até a residência e não encontraram qualquer sinal de violência física, enquanto um amigo do lutador se apressou em devolver o objeto à vítima – até o momento, Melissa Brim optou por não prestar nenhum queixa contra Mayweather. Ainda há dúvidas se o episódio pode ser associado com violação de condicional, já que o boxeador saiu da prisão em 3 de agosto depois de cumprir parte de pena por violência doméstica.

Mayweather e Brim têm histórico de agressões e envolvimento judicial. O primeiro ocorreu em 2001 quando, após discussão, o atleta empurrou a mulher para dentro do carro e a apertou no rosto e no corpo, de acordo com o processo da época. Após livrar-se do pai de sua filha, ela se dirigiu a uma loja de conveniência e chamou a polícia.

Reincidência

Apenas cinco meses desse incidente, Mayweather se encontrou com Brim, pediu a um amigo para segurar a filha e, em seguida, agrediu-a no pescoço. Seguranças de um shopping acionaram o 911, mas o pugilista saiu do local antes da chegada da polícia. Em 2003, Melissa Brim acabou desistindo do processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>