Advogados pedem pena e multa reduzidas a Chavez Jr.

Mesmo sem data confirmada para depoimento, o mexicano Julio Cesar Chavez Jr., 26, deve comparecer à Comissão Atlética do Estado de Nevada (Las Vegas, EUA) ainda neste mês para oferecer suas explicações para a detecção de maconha em seu organismo após o embate com o argentino Sergio Martinez, em 15 de setembro do ano passado. Para ganhar tempo antes da decisão do órgão, os advogados do atleta fizeram ontem sua defesa e pediram uma pena máxima de seis meses e multa de US$ 10 mil (R$ 20 mil).

Pessoas próximas a Chavez Jr. (46-1-1, 32 KOs) não acreditam que a comissão aceite os argumentos dos advogados e imaginam que a suspensão possa alcançar ao menos nove meses, bem como a multa em dinheiro seja bem superior à sugerida. O filho da lenda é reincidente no mesmo estado americano, pois, em 2009, foi flagrado por uso de diurético no confronto com Troy Rowland. Na oportunidade, o azteca teve o resultado da luta ganha por pontos modificado para “sem decisão”, foi suspenso por sete meses e multado em US$ 10 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>