Mesmo inativo, Holyfield se recusa a aceitar retiro

Há praticamente duas temporadas sem atuar e, mesmo sem qualquer perspectiva imediata, o americano Evander Holyfield, 50, se recusa a aceitar a aposentadoria. Quatro vezes campeão mundial da divisão máxima e dono de cinto cruzador (86,1k à época), o veterano boxeador ainda sonha com a possibilidade de brigar por outros cinturões e aguarda uma chance de desafiar qualquer detentor de título.

“Tudo que falam sobre minha saída definitiva dos ringues não passa de especulação”, sentencia Holyfield (44-10-2, 29 KOs), cuja última aparição foi no triunfo por nocaute sobre outro veterano, o dinamarquês Brian Nielsen, em maio de 2011. Holyfield fez parte da última grande geração de pesados, ao lado de Mike Tyson, Lennox Lewis, Riddick Bowe, Michael Morrer, Ray Mercer e Tommy Morrison, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>