O tiro sai pela culatra

Cerca de um ano atrás, o jogador ILSINHO, ex-palmeiras, ex-spaulo e etc, falou com desprezo sobre o Corinthians, onde ele está hoje? creio que ninguem sabe. Hoje eu estava assistindo um programa de esportes na  Band, Jogo Aberto, e ouvi o goleiro do Santos Rafael, tambem menospresar o Corinthians, cuidado senão voce, Rafael, vai para o mesmo esquecimento do Ilsinho.tenho dito.

Aldo Talizin

A todos!

Hoje foi sensacional o Adriano que todos criticaram como já um quase ex-jogador virou o rumo do campeonato!! Eu sendo um Palmeirense creio em Deus!! E que vendo a tabela e a classificação!! Creio que pode acontecer o empate triplo com 68 pontos o que seria fantástico no final de campeonato!! Com Corinthians, Fluminense e Vasco! Sendo que no critério de vitória o Fluminense seria campeão!! Pois o Fluminense está mais forte que o Vasco!! A minha melhor torcida é o Figueirense em casa empatar com o Corinthians!! E depois o Palmeiras atropela!! kkkk Espero que aconteça!! 

Bom obrigado por lerem!!

Romario Alexandre da Silva

A sua maneira!

Pela trigésima sexta rodada, o tricolosso derrotou o vice-lanterna coelho por 3 a 1. Com este resultado, a trupe de leão ainda sonha com a liberta. Será que consegue? Luis fabuloso desencantou, veremos. Com relação ao América-Mg, está de volta a Série B. Que peninha!

Em São Janu, o vascão não tomou conhecimento do lanterninha leão da ilha: 2 a 0. Com este triunfo, a equipe cruz maltina segue na cola do líder timão, e sonhando ainda em arrematar seu segundo caneco este ano. Com relação aos catarinenses, naufragaram nos seus próprios erros. Resultado: degola.

No Olímpico, o tricolor dos pampas apanhou do vozão: 3 a 1. Apesar do revés, o Gremio deverá disputar a S.A. Quanto aos cearenses, ainda sonham em manter-se na elite. A pipa subiu tardiamente!

No Engenhão, o fogão perdeu do saci: 2 a 1. O glorioso segue em queda livre. Uma vaguinha na S.A está de bom tamanho. Quanto ao colorado, figura no G5. Belo trabalho do competente Dorival Júnior!

Na Arena do Jacaré, raposa e furacão ficaram no 1 a 1. Foi um péssimo resultado para ambos, pois seguem correndo sério risco de descenso. Quem te viu quem te vê!

Em Goiania, dragão e bonde do mengão não movimentaram o placar. Com este resultado, os goianos seguem na zona classificatória para a Copa S.A. Em relação ao time de Luxa, ainda persegue o sonho de disputar a Libertadores.

No Alto da Glória, o coxa branca derrotou o santástico pelo placar mínimo. O placar em si pouco importou para ambos. Os paranaenses disputarão a S.A. Já o peixe, está se preparando para disputar o Mundial.

Na terra das mandingas, o super-homem apanhou do palestra: 2 a 0. Aleluia! Salve, salve. Acreditem se quiser: a turmita de Felipão está livre do calvário da segundona. Ontem até que demonstrou determinação, boa vontade. Menos mal. Mas é muito pouco para a Sociedade Empate Palmeiras uma campanha desse naipe. Quanto aos baianos, seguirão lutando para escapar da degola. No momento, encontram-se na Z.M.

Na bela Foripa, o figueira tomou uma piaba do atual campeão: 4 a 0. Mais uma vez Fred roubou a cena, ao anotar 3 gols. Que fase esplendorosa! Ambos permanecem no G5. Campanhas dignas de aplausos…

No charmoso Pacaembu, o líder timão derrotou o galo de virada, ou seja a sua maneira: 2 a 1. Com direito a gol do Imperador. Acreditem se quiser! O coringão é valente, tá pertinho do título. É só manter o foco, não é mesmo Titeabilidade? Quanto aos mineiros, precisam de mais um triunfo para afastarem de vez o fantasma da segundona.

Rodrigo Chiaverini

Caros amigos apaixonados por seus times de coração.

Caros amigos apaixonados por seus times de coração, devo dizer quê, independente da agremiação, torcer neste brasileirão foi algo sofrível. Nenhum time se destacou, todos estiveram nivelados por baixo e foram poucos os jogos de encher os olhos. A imprensa tem feito um estardalhaço pelo gol do flamenguista e agora corintiano, Adriano, todavia, esquecem de comentar o erro gravíssimo do árbitro ao não expulsar Alessandro numa violenta falta na lateral, que dificultaria e muito a virada alvinegra, pois foi dos pés do lateral que saiu o cruzamento para o gol de Liedson. Típico do time da marginal ser ajudado em diversos momentos, esse foi apenas mais um deles. Já o Vasco, precisa correr com força total, mas acho que como freguês histórico do Flamengo, perderá na última rodada e verá o time da Marginal campeão. Já o São Paulo, se conseguir vencer seu freguês Palmeiras, terá um alento para a última rodada contra o mistão do Santos que disputará o Mundial no final do ano. Ao Fluminense, fica o gostinho de quero mais, pois foi o melhor time do returno, pena que fora ridículo no 1° turno. Internacional, Flamengo e Figueirense precisam fazer a lição de casa, mas não será nada fácil. Ou seja, o campeonato, ao que tudo indica, terá o Corinthians como campeão e meu palpite é que o São Paulo disputrá a Copa do Brasil em 2012 novamente. Ruim para o futebol, pois seria importante termos os dois mais fortes clubes paulistas na competição das Américas.
Esse Brasileirão foi chato, porém, disputado.
 
Abraços.

“A desvalorização do mundo humano aumenta em proporção direta com a valorização do mundo das coisas”

Rafael Francisco Bensirno.

A todos

   O Felipão e a Diretoria do Verdão está dando o maior migué na torcida.  Estão vendendo a idéia q vencer o Timão no próximo domingo, salva o ano. Nada salva esse maldito ano. Tem pelo menos 8 times c/ a folha de pagamento menor q o salário do Felipão na frente do Palmeiras.

Foram incompetentes, Técnico e Diretoria além desse timinho vagabundo. E o pior, é q vcs, jornalistas estão embarcando nessa. Ganhar do Campeão, não vai tirar o Porco da 11ª colocação.

 Jayme

Rivalidade burra!

Nos últimos dois anos, os times cariocas estão se beneficiando da rivalidade (quase que inimizade) dos times de São Paulo e Sul, além da fórmula de campeonato por pontos corridos (que beneficia a corrupção e anti-desportismo) para se colocar novamente no topo do futebol nacional. Nessa história dos times de São Paulo e Sul do País entregarem os jogos para prejudicar o rival, os times cariocas, de forma até que maquiavélica, transferem sua rivalidade local para uma força nacional (aprenderam que vale mais ter seu futebol valorizado no país, do que ter seu reconhecimento estadual) em busca de uma hegemonia fabricada. Ontem mesmo, a história se repetiu: Estranhamente o jogo Vasco x Fluminense começou com um “delay” de 15 minutos de atraso em relação à Corínthians x Figueirense, após a situação estar praticamente solucionada a favor do clube Paulista (S.C. Corínthians Paulista, que com sua vitória em Santa Catarina aliada ao empate no Rio de Janeiro se tornava campeão nacional de 2011), o Fluminense (que já não tinha chance alguma de vencer o campeonato e já classificado para Libertadores) se lançou descompromissadamente para o ataque, deixando o caminho livre para o contra ataque do Vasco; que mesmo sem a competência para marcar o gol, contou com a contribuição do goleiro do Fluminense, Diego Cavalieri, que entregou, literalmente, a bola nos pés do atacante vascaíno. Agora pergunto a vocês torcedores dos times de São Paulo e imprensa paulista, vamos continuar endossando o diploma de burro que os cariocas insistem em nos oferecer? É de indignar…

Moa Neto

Sobre Vitórias, Derrotas e Torcidas.

 

Normalmente não ligo para o que dizem os matemáticos, mas agora leio que o Corinthians tem 88% de chances de título: na verdade, 88.88%, contra 11.12% do Vasco. Tudo isso é lógico e bastante explicável: há 9 possíveis combinações de resultado entre as partidas Corinthians X Palmeiras e Vasco X Flamengo. Destas 9, 8 favorecem o Corinthians. A única maneira de o clube paulista não ser campeão seria uma combinação entre uma derrota para o rival palestrino e uma vitória de vascaínos diante do Flamengo. Em outras palavras, um simples empate garante o título ao Corinthians, e uma não-vitória do Vasco evita qualquer possibilidade do clube carioca.

Mas não é sobre isso que eu quero falar. Gostaria de comentar sobre algo que me incomoda mesmo em situações em que não é o Corinthians envolvido, mas que sempre que tem o Timão em meio à situação, parece aflorar: muitos torcedores, dizem, “abrem mão de ganhar” qualquer coisa pelo prazer de ver o maior rival perder. Não sei se isso é uma regra geral em outros estados, como em Minas Gerais, Santa Catarina, etc, mas com relação aos clubes paulistas me parece ser gritante: não falo quanto aos santistas e são-paulinos, que são fãs – de modo especial na última década – de times auto-suficientes, que disputam e ganham campeonatos importantes com grande frequência.

Estou me referindo aos palmeirenses.

É óbvio, e nisso eu não vejo nenhum problema, que ninguém gosta de ver o maior rival sendo campeão: acima de tudo, tem-se a “inveja” de não ser o seu time, piloto, jogador, etc., ocupando o degrau mais alto. Mas tudo tem um limite. Aos que apoiam a Sociedade Esportiva Palmeiras, isso é um fato: mais vale o Corinthians sendo derrotado do que o Palmeiras vencedor. O técnico Tite se referiu a esse sentimento como “Muito pobre” no último domingo, e até foi criticado por parte da imprensa. Mas falou a verdade.

Exemplos recentes não faltam: quando, numa quarta-feira, o Corinthians foi eliminado da Libertadores 2011 ainda em fase pré-classificatória, no domingo havia clássico válido pelo “Paulistão”. Na arquibancada palmeirense, um grande mosaico com os dizeres “HA HA HA”. O Corinthians venceu aquela partida. Meses depois, no aniversário corinthiano, que acontece exatamente o mesmo dia da fundação do Noroeste FC, foram palmeirenses que iniciaram e dominaram piadas e provocações ao Corinthians em redes sociais, dizendo que o “Noroeste tinha mais história” e postando videos e notícias de fracassos corinthianos no passado.

Tudo isso sem contar que dirigentes descaradamente falam em pagar mais a seus atletas, e que o goleiro Deola chegou a declarar, nesses termos, que “tirar o título do Corinthians” é o OBJETIVO do clube.

Palmeirenses Chamam a equipe alvi-negra de Parque São jorge de “time sem história”. A única justificativa é que o Corinthians “nunca ganhou a Libertadores”. Certamente é um torneio importantérrimo, e que todo corinthiano quer ganhar. Mas não faz muito sentido reduzir o termo “história” a qualquer campeonato.

Desde 1977, quando se encerrou a fila de títulos do Corinthians e iniciou-se a palmeirense, o Corinthians venceu 11 Campeonatos Paulistas, 3 Copas do Brasil, 4 Campeonatos Brasileiros, 1 Liga Rio-São Paulo (na única vez em que o torneio teve 16 clubes e em enfrentamento direto!) e 1 Mundial de Clubes. Todas essas 20 conquistas aconteceram em 16 dos 35 anos referidos. No mesmo período, o Palmeiras ganhou 12 títulos em apenas 7 temporadas: 4 paulistas, 2 Brasileiros, 1 Copa do Brasil, 1 Libertadores, 1 Mercosul, 1 Copa dos Campeões (alguém se lembra?) e 2 Rio-São Paulo (ambos no sistema 8 times em dois grupos de 4).

Se analisarmos que a maioria das 12 conquistas palmeirenses aconteceram no período Parmalat, chegamos a números ainda mais espantosos: nos últimos 11 anos, o Palmeiras levantou apenas uma taça, o Paulista-2008. Na mesma época, o Corinthians levou 3 Paulistas (01, 03 e 09), 2 Copas Brasil (02 e 09), 1 Brasileiro (05) e uma Liga Rio-SP (02). A diferença não parece ser aquela que se esperaria entre “rivais”.

Desdenham do Mundial do Corinthians, e novamente as incoerências aparecem: dizem que não pode ser reconhecido porque não ganhou Libertadores pra estar lá: mas pedem o reconhecimento, e saem gritando por aí, de um suposto “Mundial de Clubes” vencido em 1951 com o nome “Copa Rio”. Em seguida, desdenham do fato de a FIFA reconhecer o título corinthiano (http://www.fifa.com/associations/association=bra/index.html, ao lado de São Paulo e Internacional) e bradam aos quatro cantos que são “Octocampeões brasileiros” – leia-se, “têm mais que o Corinthians” – porque A CBF RECONHECE (mesmo sendo dois no MESMO ano!).

Diante de tudo isso, minha sugestão aos amigos torcedores do Corinthians: vamos torcer e apoiar muito nosso time nesse domingo, seja no Pacaembu, numa casa em Goiânia ou num apartamento em Curitiba, vamos junto com nosso time. Vamos acreditar. Só depende de nós. Esqueçamos os palmeirenses. Vamos pensar que estamos ali para lutar e ir atrás do nosso objetivo. Se não há maior alegria ao palmeirense do que ver o Corinthians perder, com certeza não haverá maior tristeza em suas vidas do que o nosso triunfo.

Vai Corinthians! Não pára de lutar!
Marcel Pilatti

Corinthians.

 Quando chega nesta altura do campeonato sempre se fala muito de “mala preta” etc,etc,etc.  No caso do Corinthians acho que os jogadores e que estao recebendo essa “mala preta” para nao ganhar pois nao e possivel estar na lideranca, os diretos competidores perdendo e dando-lhes o titulo de mao beijada e eles nao querem…

 Jogar com um time ja rebaixado, lanterna do campeonato, sem pretensoes e jogar para nao ganhar, da para desconfiar….. Que falta de brio. Tirando 2 ou 3 o resto nao esta nem ai. Era para se apostar de quanto iriam ganhar nao se ganhariam.  Como diz o Chico Lang assim caminha a mediocridade… Eu como corinthiano torco para que sejam campeoes, mas que nao merecem nao merecem.

 Obrigado,

 Jose Manuel

Violência gratuita.

Não se pode acobertar o ato de violência por 04 torcedores do Corinthians contra um trio de arbitragem somente porque erraram no jogo contra o América. Tenho certeza que estes torcedores não representam milhões de corinthianos espalhados nos quatro cantos do Brasil. Errar é humano e os juízes apesar de serem ruins de doer não tem a intenção de prejudicar este ou aquele time. O time do Corinthians é que deveria ter sido mais aguerrido e ter entrado em campo respeitando o adversário, não o menosprezando pelo fato de estar na zona de rebaixamento. Raça, garra e determinação faltou ao time. Coragem faltou ao técnico que tirou um atacante e colocou um zagueiro/volante para segurar o empate. E responsabilidade faltou aos quatro torcedores, que se dizem corinthianos.

 Anderson Gomes Jacinto

Timão!

Caros Corinthianos como sou. Não posso aceitar homenagens na camisa, como aquela do ultimo domingo “força Lula” porque nosso ex-presidente sempre foi um “pé frio” em jogos do Corinthians. Portanto, vamos começar melhorando, retirando essa mensagem, mesmo porque existem vários corinthianos com problemas de saúde ! Tenho dito!

Djalma Romagnani