Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Internacional espanta crise com vitória sobre o Sport no Recife

Recife (PE)

As vaias e gritos de “burro” que Dorival Júnior escutou após a derrota de virada para o Botafogo no Beira-Rio foram minimizados neste domingo, com a vitória por 2 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro. Bruno Aguiar, contra, e Leandro Damião balançaram a rede a favor do Colorado ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, o Inter chegou a 11 pontos e encostou no grupo dos quatro primeiros da tabela de classificação, ficando apenas um ponto do rival Grêmio. Mais do que isso, a vitória traz tranqüilidade antes de a equipe reencontrar Falcão no próximo domingo, no duelo com o Bahia, em Pituaçu.

O Sport, por sua vez, vê a crise se aproximar da Ilha do Retiro. O clube até conseguiu ‘esconder’ os resultados adversos com a apresentação do lateral Cicinho nesta semana, mas agora já vê o técnico Vagner Mancini ser contestado pela torcida. A recuperação espera-se que aconteça também no domingo, diante do Coritiba. Um novo tropeço pode deixar o Leão na zona de rebaixamento, já que a equipe soma apenas cinco pontos em sete jogos.

O jogo – Todo o esforço do Sport em segurar a ofensividade do adversário para depois balançar a rede foi para o espaço aos 13 minutos, quando o zagueiro Bruno Aguiar tentou afastar cruzamento, mas acabou mandando contra o próprio gol. Em desvantagem no placar, e atuando em casa, o Leão precisou então ir ao ataque e, se expondo, sofreu com as investidas do Inter.

Arte GE.Net
Apesar de destacar-se na marcação, Guiñazu contribuía também na armação de jogadas. Aos 21 minutos, o argentino tabelou com Dagoberto, invadiu a área e chutou. O tiro, contudo, saiu fraco, sem dificuldade para Magrão defender. O goleiro rubro-negro teve trabalho, porém, para interceptar arremate cruzado de Kléber.

Quando o Sport parecia resignado a levar a desvantagem de um gol para o intervalo, o Inter esfriou as pretensões dos donos da casa ao balançar a rede pela segunda vez, aos 38 minutos, após linda troca de passes do ataque colorado, que terminou com Guiñazu cruzando rasteiro para Leandro Damião completar.

Vagner Mancini tentou corrigir o setor ofensivo do time ao começar o segundo tempo com Jael, que voltava de lesão, no lugar de William. Mas foram os homens de frente do Colorado que continuaram dando trabalho.

Primeiro Leandro Damião, em chute que Magrão teve que pular no canto direito para defender. Depois, os visitantes até balançaram a rede, mas o gol de cabeça de Índio foi anulado devido ao impedimento do zagueiro no lance. Dagoberto e Guiñazu ficaram de frente para o gol cada um, mas ambos desperdiçaram. Magrão conseguiu defender o chute do atacante, ao passo que o volante mandou para fora. Nada que pudesse chatear qualquer colorado.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade