Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Vettel triunfa, assume vice-liderança e Alonso mantém boa vantagem

Cidade de Cingapura (Cingapura)

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull) venceu o Grande Prêmio de Cingapura, realizado na manhã deste domingo. Com o triunfo na única prova noturna do calendário, ele assume o segundo lugar do Mundial, ainda liderado pelo espanhol Fernando Alonso (Ferrari) de maneira confortável.

Superado também pelo britânico Jenson Button (McLaren) em Cingapura, Alonso terminou a corrida no terceiro lugar, o suficiente para somar 194 pontos e manter a primeira colocação do campeonato a seis etapas do final. Vettel, por sua vez, contabiliza 165 pontos e toma a vice-liderança.

Atual bicampeão, o alemão iniciou a temporada como principal favorito ao título, mas conseguiu retornar à briga pelo Mundial apenas neste domingo, ao ganhar pela segunda vez em 2012. Vettel não vencia desde o Grande Prêmio do Bahrein, disputado no último mês de abril.

Depois de largar na 13ª colocação, Felipe Massa (Ferrari) cruzou a linha de chegada em oitavo e foi o melhor brasileiro na prova. Já Bruno Senna (Williams) partiu do 22º posto do grid e chegou a brigar com o compatriota pelo nono lugar, mas abandonou nos momentos finais da corrida.

A prova - O britânico Lewis Hamilton (McLaren) defendeu a ponta com sucesso na largada. Já o venezuelano Pastor Maldonado (Williams) adotou uma posição cautelosa após a série de acidentes na temporada e caiu para o quarto posto, já que foi ultrapassado por Vettel e Button.

Alonso, por sua vez, manteve a quinta colocação. Tocado pela Caterham do russo Vitaly Petrov logo no começo da corrida, Massa teve o pneu esquerdo traseiro furado, parou nos boxes e caiu para o último lugar. Já Senna subiu do 22º para o 18º posto.

Na 11ª volta no Circuito de Marina Bay, famoso pelo desgaste dos pneus, Vettel foi o primeiro entre os candidatos à vitória a fazer seu pit-stop, no que foi seguido pelos principais concorrentes. Como parou apenas no 15º giro, Button chegou a liderar durante alguns momentos, mas em seguida a ordem acabou reestabelecida.

AFP
Inglês Jenson Button dá um banho de champanhe no alemão Sebastian Vettel pela vitória no GP de Cingapura
Em uma corrida difícil, Massa precisou parar novamente na 21ª volta. Neste momento, em uma boa prova de recuperação, Senna já ocupava o 12º lugar. No 23º giro, para alegria do concorrente Alonso, Hamilton abandonou a corrida com um problema no câmbio e a liderança ficou com Vettel, seguido por Button e Maldonado.

Na 30ª volta, Maldonado se dirigiu aos boxes e foi seguido por Alonso. O venezuelano conseguiu retornar na frente, mas a diferença entre os dois ficou reduzida e o espanhol partiu para o ataque. No 33º giro, o indiano Narain Karthikeyan (Hispania) provocou a entrada do safety car e boa parte dos pilotos aproveitou para parar, entre eles os líderes.

Com um problema hidráulico em sua Williams, Maldonado foi obrigado a abandonar a corrida ainda com o safety car na pista em mais um episódio benéfico para Alonso, que passou a ocupar o terceiro lugar, atrás apenas de Vettel e Button. O carro de segurança saiu de cena apenas na 39ª volta.

O safety car passou pouco tempo afastado, já que o alemão Michael Schumacher (Mercedes) perdeu o ponto da freada e encheu a traseira do francês Jean-Eric Vergne (Toro Rosso). Logo após a saída do carro de segurança, na 43ª volta, Massa superou Senna e assumiu a nona posição depois de uma briga acirrada. Em seguida, passou o australiano Daniel Ricciardo (Toro Rosso).

Com os pneus supermacios desgastados, o ferrarista não conseguiu manter a escalada e terminou em oitavo. Senna, por sua vez, relatou uma perda de potência de seu carro através do rádio da Williams e, a 30 segundos do final da corrida, abandonou a prova, encerrada pelo limite de 2 horas com triunfo de Vettel.

Confira o resultado final do Grande Prêmio de Cingapura:

1: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 2h00min26s144
2: Jenson Button (ING/McLaren) - a 8s959
3: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - a 15s227
4: Paul Di Resta (ESC/Force India) - a 19s063
5: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a 34s759
6: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) - a 35s700
7: Romain Grosjean (FRA/Lotus) - a 36s600
8: Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 42s800
9: Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) - a 45s800
10: Mark Webber (AUS/Red Bull) - a 47s100
11: Sergio Perez (MEX/Sauber) - a 50s600
12: Timo Glock (ALE/Marussia) - a 1 volta
13: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - a 1 volta
14: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - a 1 volta
15: Charles Pic (FRA/Marussia) - a 1 volta
16: Heikki Kovalainen (FIN/Caterham) - a 1 volta
17: Pedro De la Rosa (ESP/Hispania) - a 1 volta
18: Bruno Senna (BRA/Williams) - a 2 voltas
19: Vitaly Petrov (RUS/Caterham) - a 2 voltas

Não Completaram
Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso)
Michael Schumacher (ALE/Mercedes)
Pastor Maldonado (VEN/Williams)
Narain Karthikeyan (IND/Hispania)
Lewis Hamilton (ING/McLaren)

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade