Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Palmeiras dispensa Daniel Carvalho e mais quatro e quer liberar 11

São Paulo (SP)

Mesmo com o título da Copa do Brasil assegurado após quatro anos sem conquistas, o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro marcou a temporada do Palmeiras, a uma partida de encerrar 2012 em baixa. Antes de entrar em campo contra o Santos, a diretoria do clube divulgou uma lista de dispensas nesta quinta-feira, compreendendo cinco nomes que não terão a chance de jogar a Libertadores e a Série B em 2013.

Leandro, João Vitor, Daniel Carvalho, Betinho e Obina foram as primeiras vítimas do planejamento palmeirense visando à próxima temporada. No início da semana, o gerente de futebol César Sampaio, mesmo com o risco de fazer com que o técnico Gilson Kleina perdesse algumas peças para a última rodada do Brasileirão, anunciou que a divulgação da lista de jogadores liberados seria feita até o final da tarde desta quinta-feira, como cumpriu a assessoria do clube.

Montagem sobre fotos Gazeta Press
Daniel Carvalho, Obina, Leandro e Betinho chegaram em 2012 e João Vítor veio em 2011, do Grêmio-SP
Como o horário das dispensas foi informado no início da tarde, o site do Palmeiras chegou a ficar fora do ar na expectativa da divulgação da lista. Além dos cinco dispensados, ficam à disposição para negociação os laterais Fabinho Capixaba e Gerley, o zagueiro Leandro Amaro e o volante Tinga, além de Luís Felipe, Wellington, Patrik, Daniel Lovinho, Tadeu, Pregorari e Carlos.

Ainda sob o comando de Luiz Felipe Scolari, apresentado pela Seleção Brasileira para substituir Mano Menezes, o Palmeiras não passou das quartas de final do Campeonato Paulista, tendo sido eliminado pelo vice-campeão Guarani. Na Copa do Brasil, mesmo sob desconfiança, superou Coruripe-AL, Horizonte-CE, Paraná, Atlético-PR, Grêmio e Coritiba para se tornar bicampeão da competição e se consolidar como maior vencedor de títulos nacionais da história.

Eliminado pelo Millonarios-COL nas oitavas de final da Copa Sul-americana, o time não reagiu no Brasileirão nem motivado pela troca de Felipão por Gilson Kleina no comando técnico. No clube desde a 26ª rodada, o ex-treinador da Ponte Preta não evitou o rebaixamento, mas melhorou a qualidade de futebol do Verdão e, por esse motivo, foi garantido como comandante da equipe para 2013. O treinador, ao lado de César Sampaio, conduziu a limpeza palestrina.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Limpeza: com cinco dispensas e 11 liberações nesta quinta-feira, o Palmeira abriu sua temporada 2013
Além das dispensas, a diretoria do clube trabalha na montagem do elenco de 2013 em busca de reforços. Apenas o lateral direito Ayrton, do Coritiba, foi anunciado oficialmente, mas outros jogadores que não tiveram os nomes divulgados já despertam o interesse – Augusto Recife, do São Caetano, ventilado nesta quinta-feira, não é um desses nomes. Por enquanto, os outros “reforços” para a próxima temporada foram a oficialização da permanência de Hernán Barcos e o retorno de empréstimo do volante Souza, do Náutico.

Confira a lista de jogadores que não fazem parte dos planos do Palmeiras para 2013:

Lateral: Leandro
Meias: João Vitor, Daniel Carvalho
Atacantes: Betinho, Obina

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade