Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Com empréstimo perto do fim, Juan admite que deve deixar o Santos

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Emprestado ao Santos até o fim do ano, o lateral esquerdo Juan reconhece que a sua passagem pela Vila Belmiro está se aproximando do término. O ala garantiu estar ciente de que dificilmente terá o seu vínculo renovado e deve voltar ao São Paulo, dono dos seus direitos federativos, para depois decidir qual será o próximo passo da sua carreira.

“Como não tive uma conversa com a diretoria, não vejo muita possibilidade de ficar no Santos, porque falta um mês para o fim do campeonato e ninguém se posicionou. Essas coisas no futebol são assim. Tenho um pouco de experiência e sei como é. Mas estou tranquilo”, afirmou Juan.

Os direitos federativos do lateral estão estipulados em R$ 2,5 milhões. Como Juan não conseguiu se firmar no Peixe durante a atual temporada, a diretoria santista não se mostra propensa a arcar com esse valor para ficar com o atleta no grupo.

Mesmo assim, Juan quer aproveitar as últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro (contra Figueirense, Corinthians e Palmeiras) para mostrar um bom futebol e tentar convencer a cúpula alvinegra a rever esse posicionamento ou então, em outra hipótese, despertar o interesse de alguma equipe na sua contratação.

“Eu vou fazer o que sempre fiz: trabalhar e me dedicar ao máximo nos treinos. É difícil dizer alguma coisa porque a decisão final não é minha, depende de outras pessoas. Acredito no meu potencial, independentemente de qualquer coisa. Agora, eu tenho que ir bem até o final do ano para tentar mudar a ideia da diretoria ou, até mesmo, para conseguir outro clube”, ponderou.

Campeão paulista e da Recopa Sul-americana neste ano, com a camisa do Santos, Juan, que tem contrato até o fim de 2013 com o Tricolor Paulista, lamenta o fato de chegar praticamente ao final da temporada, sem saber qual time irá defender no próximo ano.

“Não adianta ficar nervoso ou ansioso, porque isso não vai mudar a situação ou acelerar as coisas. Claro que é ruim, pois você não pode se programar. Eu ainda não tenho filho, então facilita um pouco, mas para o jogador é complicado não conseguir fazer um planejamento para o ano seguinte. É esperar o que a diretoria vai definir”, encerrou.

A lateral-esquerda é um setor indefinido no Peixe para o ano que vem. Isto porque, além de Juan, o veterano Léo ainda não teve o seu vínculo renovado. O experiente jogador, porém, já está conversando com os dirigentes santistas e a tendência é que haja a assinatura de um novo contrato, por mais uma temporada. Gérson Magrão, que tem vínculo até o fim do próximo ano, não tem sua permanência garantida.

A cúpula alvinegra estuda contratar um reforço para a posição. Eron, que está no Atlético-GO, mas tem seus direitos presos ao Atlético-MG, está na mira. O chileno Eugenio Mena, da Universidad do Chile, é outro que interessa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade