Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Quarto brasileiro finalista, invicto São Paulo pode repetir Inter

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo é o quarto clube brasileiro finalista em dez edições da Copa Sul-americana. Antes de ele se classificar ao derrubar a Universidad Católica na semifinal, também disputaram a decisão do torneio continental Internacional (2008), Fluminense (2009) e Goiás (2010).

Dos três, o único campeão foi o Internacional, que bateu o argentino Estudiantes na final. Nos anos seguintes, Fluminense e Goiás foram derrotados respectivamente por LDU, do Equador, e Independiente, da Argentina.

O clube gaúcho é ainda o único vencedor invicto da jovem competição continental. Feito que o São Paulo pode repetir nesta edição. Em oito jogos até o momento, tendo eliminado quatro clubes (Bahia, LDU de Loja, Universidad de Chile e Universidad Católica), o time paulista acumula quatro vitórias e quatro empates.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ceni comemorou classificação para a final do torneio
A melhor campanha são-paulina na Sul-americana havia sido em 2003, quando também chegou à semifinal, porém caiu para o River Plate-ARG nos pênaltis. Com sete participações, é o clube brasileiro que mais vezes a disputou.

"É sempre bom chegar a uma final. Renova a confiança. Os jogadores que estão aqui são diferentes dos que estiveram nos últimos anos. É um grupo diferente de trabalho. Mas é importante se sentir grande, participar de uma decisão. O torcedor são-paulino fica orgulhoso, e tenho certeza de que vai lotar o estádio, seja no Morumbi ou no Pacaembu", comemorou o goleiro Rogério Ceni.

O adversário será o vencedor do duelo entre Millonarios-COL e Tigre-ARG. Após empate sem gol na Argentina, eles decidem a segunda vaga na noite desta quinta-feira, na Colômbia. As datas das finais são 5 e 12 de dezembro, e o São Paulo só jogará a segunda partida em casa se o oponente for o time argentino.

Uma eventual conquista classificaria para a Recopa (contra o Corinthians, campeão da Libertadores) e a Copa Suruga (contra o Kashima Antlers, campeão da Copa da Liga Japonesa), ambas em 2013. A vaga na próxima edição da Libertadores já está garantida através do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade