Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

São Paulo faz reconhecimento da Bombonera só com treino recreativo

Buenos Aires (Argentina)

O técnico Ney Franco preferiu preservar os jogadores do São Paulo na noite desta terça-feira, quando o grupo realizou um trabalho de reconhecimento de gramado no estádio de La Bombonera, em Buenos Aires, palco do confronto desta quarta, às 21h50 (de Brasília), pelo jogo de ida das finais da Copa Sul-americana, contra o Tigre.

Os atletas do time rival do Tricolor treinaram no mesmo estádio algumas horas antes dos comandados de Ney Franco, que participaram apenas de um animado treino recreativo. O Tigre terá que mandar sua partida no estádio do Boca Juniors porque o Coliseo Victoria, sua casa particular, não tem condições de receber mais do que 28 mil torcedores, condição refutada pela Conmebol.

Dentro de campo, Ney Franco realizou apenas uma atividade descontraída, que teve gol marcado pelo auxiliar técnico Milton Cruz, Rogério Ceni na linha e até o meio-campista Cícero no gol. O argentino Cañete, que nem está inscrito na Copa Sul-americana, também viajou com o grupo e participou deste treinamento na intenção de ambientar os companheiros ao estádio do clube em que foi revelado.

Animado pela vitória de seus reservas sobre o Corinthians na última rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo chega à Argentina disposto a encerrar um jejum de quatro anos sem títulos – o último foi o Brasileirão de 2008. Invicto na Sul-americana, o time pode repetir o feito do Inter, único brasileiro campeão deste torneio, em 2008, e deve ter sua escalação considerada titular para o compromisso desta quarta-feira.

Rubens Chiri/Site Oficial SPFC
Rogério Ceni esteve na linha no treino do São Paulo na Bombonera; A decisão da Sul-americana será nesta 4ª

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade