Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Debaixo de neve, Chelsea bate Arsenal e segue à caça do United

Londres (Inglaterra)

Os brasileiros Ramires e Oscar tiveram que superar a pouca familiaridade com a neve durante vitória do Chelsea por 2 a 1 sobre o Arsenal, neste domingo. Debaixo de baixas temperaturas, os Blues se mantiveram na terceira posição do Inglês, chegando a 48 pontos, sete a menos do que o líder Manchester United, que joga ainda neste domingo. Já os Gunners ficaram com 34 pontos, em sexto lugar, e perderam a chance de entrar na zona de classificação para a Liga Europa.

Na próxima rodada, o Chelsea visita o Reading, enquanto o Arsenal faz novo clássico, desta vez contra o Liverpool, no Emirates Stadium.

O jogo - A temperatura negativa de Londres não foi o suficiente para afastar a torcida do Chelsea de Stamford Bridge: ao todo, 41.784 pessoas formaram o público pagante, deixando apenas 57 cadeiras vagas em todo o estádio. Empurrados pela multidão, os Blues começaram melhor a partida, fazendo valer o mando de campo. Tanto que saíram na frente logo com seis minutos de jogo, quando Ivanovic lançou Mata, que, em velocidade, mandou para o gol, abrindo o placar.

Dez minutos depois, mais um dos Blues. Ramires invadiu a área do Arsenal e foi derrubado, sofrendo pênalti. Lampard foi para a cobrança, balançando as redes pela segunda vez. Foi a 195ª vez que o meia marcou pelo Chelsea, o que o deixa a apenas sete gols de se tornar o maior artilheiro da história do clube.

AFP
Frank Lampard cobra o pênalti que resultou em seu gol de número 195 com a camisa do Chelsea
Com a vantagem conquistada, os Blues diminuiram um pouco o ritmo, o que acabou fazendo com que o placar não se alterasse até o segundo tempo. Até que, aos 16 minutos da etapa final, Walcott recebeu belo passe de Cazorla e, em velocidade, diminui para os Gunners.

A partir daí, os visitantes foram para cima com quase todos os seus jogadores. A postura ofensiva abriu espaço para contra-ataques do Chelsea, que, por sua vez, pecava na hora de concluir as jogadas. Demba Ba, por exemplo, que havia saído do banco, driblou a zaga do Arsenal e até mesmo o goleiro Szczesny, mas chutou em cima da marcação, perdendo ótima chance.

Mesmo com tantas oportunidades desperdiçadas dos dois lados, o placar não foi aletrado, confirmando a terceira partida seguida sem vitória dos Gunners e o segundo triunfo consecutivo do Chelsea.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade