Futebol - ( - Atualizado )

Timão aposta em desespero do Vasco por pechincha com Dedé

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O Corinthians se vê como o único clube capaz de se aproximar do que pede o Vasco por Dedé. E aposta no desespero dos cariocas – que estão em situação financeira caótica, perdendo um jogador atrás do outro – para contratar o zagueiro de 24 anos com preço de liquidação.

“Uma grande oportunidade não é comprar o jogador pelo que ele vale. A gente não está atrás de zagueiro e só tem interesse em uma grande oportunidade”, afirmou o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade, lembrando que o reforço buscado para a posição, Gil, está praticamente fechado.

A posição no Parque São Jorge é de superioridade. Para a diretoria, quem precisa do negócio é o Vasco. O Corinthians, tendo direcionado um total de 22 milhões de euros (quase R$ 59 milhões) para contratar Alexandre Pato, Renato Augusto e Gil, apenas aguarda.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Dedé recebe Troféu Mesa Redonda em São Paulo, cidade na qual pode viver em 2013
Os dirigentes do Timão veem o clube de São Januário como alguém cheio de dívidas com um carro usado para vender. Com calma, os cariocas poderiam sondar o mercado e esperar uma boa oportunidade – leia-se, aguardar a janela de transferências do meio do ano, de maior investimento europeu, e dar chance a Dedé de se valorizar após uma temporada de contusões. Com as calças na mão, eles podem ter de recorrer ao campeão mundial.

A estratégia alvinegra fica ainda mais clara quando Andrade tenta demonstrar que não correrá atrás do Vasco ou dos representantes do jogador. “Está todo o mundo falando que o Dedé vai sair do Vasco e vir para o Corinthians, mas ninguém falou comigo. Se ninguém fala comigo, fica difícil.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade