Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Fluminense sai atrás, mas busca empate contra Friburguense

Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense chegou a estar perdendo para o Friburguense por dois a zero, mas reagiu e conseguiu empatar por 2 a 2, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Engenhão. Apesar do empate, o Tricolor das Laranjeiras lidera o Grupo B com oito pontos ganhos, enquanto o Friburguense ocupa a quarta colocação do Grupo A, com sete.

O técnico Abel Braga escalou a equipe reserva, que encontrou muita dificuldade diante do Nova Friburgo. O goleiro Adilson foi o grande destaque da partida, com grandes defesas. Fred entrou no segundo tempo, em sua primeira participação no Estadual, e ajudou o time a escapar da derrota.

Na próxima rodada do Campeonato Carioca, o Fluminense enfrentará o Quissamã, enquanto o Friburguense terá pela frente e o Boavista.

O jogo - O Fluminense começou a partida com espírito ofensivo, marcando a saída de bola do Friburguense. Logo aos dois minutos, criou sua primeira oportunidade. Após cruzamento de Wellington Silva, Rhayner desviou de cabeça para o segundo poste, mas Felipe chegou atrasado e o goleiro Adilson acabou ficando com a bola.

O Friburguense não pareceu ter se assustado e, no minuto seguinte, Diego Cavalieri tentou rebater, mas mandou a bola para os pés de Jorge Luiz, A conclusão, porém, acabou indo para fora.

Aos seis minutos, após cobrança de falta, pela direita, Rômulo fez o corta-luz, e Diego Cavalieri teve que se virar para dar um tapa na bola e evitar que ela entrasse.

O time da serra continuava atacando e, aos nove minutos, o zagueiro Erivélton falhou de forma bisonha ao tentar cortar o cruzamento, mas Marcelo desperdiçou a chance, mandando a bola para fora.

O meia Felipe, que fazia sua estreia com a camisa tricolor, mostrava desentrosamento e encontrava dificuldades para determinar o ritmo da equipe. O outro estreante, o lateral argentino Monzón, tentava apoiar e chegou a desferir, aos 16 minutos, um bom chute que encobriu o travessão.

O time dirigido por Abel Braga melhorou de produção e criou duas chances para marcar. Aos 18 minutos, Rhayner desceu pela esquerda, se livrou da marcação e cruzou fechado, mas o goleiro Adilson fez a defesa. No minuto seguinte, Felipe recebeu de Rhayner na entrada da área e rolou para Wellington Silva que se livrou da marcação, mas chutou para fora.

Aos 27 minutos, o Friburguense criou sua melhor chance. Depois de boa troca de passes, Ziquinha recebeu pela direita e cruzou. Diego Guerra cabeceou, Diego Cavalieri resvalou na bola que acabou se chocando com a travessão. No minuto seguinte, foi a vez do lateral Sérgio Gomes acertar o travessão com uma bomba de pé direito.

O time dirigido por Abel despertou e voltou a pressionar em busca do primeiro gol. Aos 36 minutos, Wellington Silva entortou seu marcador com dribles consecutivos e cruzou na cabeça de Rhayner que mandou para fora. Aos 43 minutos, foi a vez do lateral esquerdo Flavinho se livrar de Erivélton e mandar um chute cruzado que bateu na rede, pelo lado de fora, no último lance importante da etapa inicial.

Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo e, logo aos dois minutos, o Friburguense marcou o primeiro gol. O lateral Sérgio Gomes fez um grande lançamento para Jorge Luiz que entrava pela esquerda e bateu de primeira, sem chances para Diego Cavalieri, abrindo o placar.

O Fluminense quase chegou ao empate, aos cinco minutos. Wagner cobrou falta e a bola passou por todo mundo, mas o goleiro Adilson estava atento e fez uma defesa difícil. A resposta do Friburguense veio em chute forte de Flavinho que foi bem defendido por Diego Cavalieri.

Aos dez minutos, o técnico Abel Braga decidiu colocar o artilheiro Fred, em campo. Ele tirou o volante Edinho e recuou Felipe para ajudar na proteção da zaga.

O Tricolor das Laranjeiras partiu com tudo em busca do gol do empate. E quase alcança, aos 13 minutos. Wagner escorou, de cabeça, para Erivélton que cabeceou mal e desperdiçou a oportunidade.

Aos 16 minutos, Marcos Jr. fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para Fred que tocou, de cabeça, para fora.

O Friburguense ampliou o marcador aos 19 minutos. O goleiro Adilson fez uma rápida reposição e lançou Ziquinha, que ganhou de Wellington Silva na corrida e encobriu Diego Cavalieri com um toque preciso.

Sem ter outra opção, o atual campeão carioca partiu para o ataque e o goleiro Adilson fez grande defesa, evitando o gol tricolor, após a conclusão de Fred.

O goleiro do Friburguense voltou a aparecer bem aos 24 minutos, defendendo uma cabeçada à queima-roupa de Fred. De tanto pressionar, o Fluminense acabou marcando seu primeiro gol aos 26 minutos, através de Marcos Junior que se aproveitou de uma falha grotesca dos zagueiros do Friburguense.

O gol animou o time tricolor que passou a pressionar em busca do empate e o goleiro Adilson voltou a aparecer bem, em conclusão de Rhayner. Logo depois, o mesmo Rhayner acertou a trave.

O Fluminense acabou empatando aos 38 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Anderson se antecipou à marcação e cabeceou para colocar a bola no fundo das redes.

Logo depois, Rhayner entrou de forma violenta, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida.

No último lance do jogo, Fred bateu falta, Adilson defendeu parcialmente e a defesa aliviou o perigo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade