Atletismo/Campeonato Mundial - ( - Atualizado )

Fabiana Murer para por até seis semanas por causa de lesão antiga

São Caetano do Sul (SP)

A saltadora Fabiana Murer terá que ficar até seis semanas afastada de suas atividades normais por conta de uma antiga lesão no tendão de Aquiles. A brasileira sentiu dores na região durante uma competição em Donetsk, no último sábado, e abdicou do restante da temporada indoor na Europa.

O objetivo é que a atleta esteja recuperada em maio para voltar a competir nos eventos ao ar livre de preparação para o Campeonato Mundial de Moscou. Na Rússia, ela tentará defender a medalha de ouro conquistada na prova de salto com vara do Mundial de Daegu de 2011.

“Nunca tive de parar uma sequência de competições por causa de uma lesão. Mas a temporada indoor é muito curta, com uma exigência maior do que em treinos, com uma competição muito perto da outra", lamentou a atleta brasileira.

A causa das dores de Fabiana Murer é uma tendinopatia que a afeta desde dezembro. Ela estava sob tratamento com o ortopedista Cristiano Laurino desde então e com a diminuição dos sintomas viajou para competir na Europa. Como o incômodo voltou, ela desistiu do restante da temporada indoor.

"Decidimos voltar a tempo de ela se recuperar para a temporada outdoor, já que não tem Mundial indoor ou nada muito importante em pista coberta”, explicou o técnico e marido da brasileira, Elson Miranda.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Fabiana Murer voltou a sentir dores por causa da tendinopatia e ficará até seis semanas em recuperação

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade