Futebol/Libertadores da América - ( - Atualizado )

Fluminense tenta embalar diante do Grêmio em sinal de alerta

Gazeta Press e Vicente Fonseca Rio de Janeiro (SP)

No duelo de tricolores brasileiros pela segunda rodada do Grupo 8 da Copa Libertadores, o Fluminense recebe o Grêmio, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o "Engenhão", no Rio de Janeiro. O time carioca tenta embalar, após aplicar 1 a 0 no Caracas, como visitante, na estreia. Já os gremistas buscam a reação, depois de serem surpreendidos, em casa, na semana passada, perdendo de 2 a 1 para o Huachipato, do Chile.

Os resultados das duas equipes na primeira rodada foram minimizados pelo treinador do Fluminense, Abel Braga, que não espera nenhuma facilidade pelo fato de o Grêmio ter perdido em casa. “Sinceramente, eu não acho que a gente leva nenhum tipo de vantagem com isso, muito pelo contrário. Vamos encontrar muitos problemas, pois o Grêmio sabe que precisa do resultado e vai se empenhar ainda mais. Nosso adversário tem muita qualidade e sabe se superar em momentos complicados. Mas o Fluminense já mostrou, ao longo dos últimos meses, que tem condições de jogar bem e fazer a lição de casa”.

Divulgação
Com a missão de se recuperar, após a derrota na primeira rodada, o Grêmio desembarcou no Rio de Janeiro.
Do outro lado, Vanderlei Luxemburgo, técnico do Grêmio, também rasgou elogios ao adversário. “O Fluminense tem um time pronto, é o atual campeão brasileiro e tem peças de muita qualidade. Já mostrou o seu valor e sabemos que vamos encontrar muitas dificuldades pela frente. Mas confio no trabalho que está sendo realizado e vamos em busca de um bom resultado no Rio de Janeiro.

O meia Zé Roberto concorda com Vanderlei e vê o Grêmio com chance de reagir. “Estamos trabalhando pensando e apagar a imagem deixada na estreia e retomar o nosso rumo dentro da Copa Libertadores. Facilidades não vão existir pela qualidade do Fluminense, mas estamos conscientes do que precisamos fazer”. André Santos, por sua vez, promete um bom desempenho. “Estamos muito focados no Fluminense e vamos nos recuperar”, declarou o lateral esquerdo, na chegada ao Rio de Janeiro.

Se o Grêmio mostra confiança, o Fluminense pretende se impor desde os primeiros momentos. “Temos que fazer prevalecer o mando de campo contra o Grêmio, pois eles vão agir da mesma forma quando formos jogar no Rio Grande do Sul. Caberá ao Fluminense tomar a iniciativa do confronto e não permitir de maneira alguma que a nossa equipe seja dominada pelo estilo de jogo gremista”, projetou o lateral Carlinhos.

Bruno Haddad/Fluminense F. C.
Artilheiro do Fluminense, Fred é a esperança de gols do torcedor tricolor.
Para este compromisso, Abel Braga deverá fazer uma modificação em relação ao time que derrotou o Caracas. O meia Thiago Neves, que ficou de fora do jogo na Venezuela, por ter ingerido um medicamento que poderia soar como doping, está de volta e disputa posição com Wágner. O meia brasileiro naturalizado português Deco, que na vitória de 3 a 1 sobre o Volta Redonda, no fim de semana, se mostrou estar recuperado de uma lesão na coxa direita, fica como opção no banco de reservas.

Vivendo seu pior momento desde que chegou ao Grêmio, há um ano, Luxa tem muitas opções, mas também algumas dúvidas, para escalar o time. Na zaga, Werley deve fazer sua estreia, nesta Libertadores, ao lado de Cris. Ele não atuou nos três primeiros jogos da competição continental por ter sido expulso no jogo que eliminou o Tricolor da última Copa Sul-Americana, contra o Millonarios, tendo que cumprir suspensão.

Para a primeira função do meio-campo, Adriano e Fernando disputam posição. Na frente, Vargas e Barcos devem formar o ataque, mas Marcelo Moreno e Welliton podem surgir como opções. Um esquema com três atacantes também não está descartado. No gol, Dida retoma a titularidade após se recuperar de lesão no ombro.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X GRÊMIO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, “Engenhão”, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de fevereiro de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 22h(de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Brasil)
Assistentes: Márcio Santiago (Brasil) e Fabricio Vilarinho (Brasil)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean e Wágner (Thiago Neves); Rafael Sóbis, Fred e Wellington Nem
Técnico: Abel Braga

GRÊMIO: Dida, Pará, Werley, Cris e André Santos; Souza, Adriano, Elano e Zé Roberto; Vargas e Hernán Barcos.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade