Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Após gol contra de Jean, Fluminense garante empate com o Vasco

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Em clássico muito disputado e no sábado de Carnaval no Rio de Janeiro, Fluminense e Vasco empataram por 1 a 1 no Engenhão pela sexta rodada da Taça Guanabara. Jean marcou gol contra e deu a vantagem ao Cruz-maltino, mas Fred garantiu o empate para o Tricolor das Laranjeiras.

Os vascaínos, com dez pontos, ficam atrás de Botafogo, que lidera o grupo A com 14 pontos, e do Madureira, que soma 11 pontos, saindo assim da zona de classificação para as semifinais. O atual campeão brasileiro, com 12 pontos, é o segundo colocado do Grupo B, atrás do Flamengo, líder com 16 pontos.

Com o forte calor que fazia no Engenhão, as duas equipes iniciaram a partida se estudando. A primeira oportunidade foi do Vasco, aos seis minutos, quando Tenorio chutou cruzado, na rede pelo lado de fora. A resposta tricolor veio quatro minutos depois, em chute de fora da área de Jean, que o goleiro Alessandro defendeu.

Após os dez minutos a leitura do primeiro tempo se tornou mais nítida. Precisando da vitória mais do que seu adversário, o Vasco adiantou a marcação e passou a dominar as ações. Já o Tricolor, tentando cadenciar o ritmo, parecia mais preocupado em se defender, assustando apenas nos contra-ataques.

Neste cenário as chances vascaínas começaram a aparecer. Aos 15 minutos Carlo Alberto cobrou falta, Dedé escorou para o meio da área e Eder Luis chegou atrasado na hora de mandar a bola para as redes. No minuto seguinte, após novo cruzamento, Tenorio até conseguiu marcar o gol, mas o árbitro Grazianni Rocha anulou corretamente a jogada, marcando o toque de mão do equatoriano. Já aos 19, Eder Luis chutou cruzado e o goleiro defendeu.

O Fluminense só voltou a dar sinais de vida aos 23 minutos, quando desperdiçou grande oportunidade. Após cruzamento de Carlinhos, Edinho ajeitou e Fred chutou para Alessandro operar um verdadeiro milagre. O artilheiro tricolor voltou a ser perigoso aos 38, aproveitando novo cruzamento de Carlinhos e, de chapa, mandou a bola no travessão. Wellington Nem ainda pegou o rebote, mas fez a bola ir sobre o gol.

Quando tudo indicava que o jogo iria para o intervalo sem gols, o Vasco abriu o marcador aos 42 minutos. Nei cobrou escanteio, Tenorio desviou e Jean, pressionado por Carlos Alberto, acabou escorando para o fundo do próprio gol, marcando contra. O Tricolor ainda tem que agradecer a má pontaria de Eder Luis, que no último lance da primeira etapa penetrou na área e, na saída de Diego Cavalieri, chutou cruzado para fora.

Na volta para o segundo tempo, como já era esperado, o Fluminense passou a tomar conta da posse de bola, jogando no campo adversário. Porém o Tricolor encontrava sérias dificuldades para penetrar na defesa rival e ainda cedia espaço para os contra-ataques. Aos 15 minutos, em um deles, Carlos Alberto foi derrubado na entrada da área. O próprio meia cobrou falta sobre o gol. Em outra cobrança de falta, aos 29 minutos, Nei também fez a bola raspar o travessão.

Na parte final do segundo tempo a pressão do Fluminense se tornou mais eficiente e deixou a defesa do Vasco muito exposta. Aos 35 minutos Dedé saiu jogando de maneira equivocada, Carlinhos rolou e Marcos Júnior, da marca do pênalti, chutou mal, sobre o gol. Dois minutos depois, em contra-ataque puxado por Wellington Nem, Fred cruzou e Marcos Júnior, de letra, forçou grande defesa de Alessandro.

De tanto insistir o Fluminense chegou ao empate aos 41 minutos. Carlinhos cruzou da esquerda e Fred, de cabeça, mandou a bola no canto esquerdo de Alessandro, que se esticou todo, mas não conseguiu impedir o gol. Aos 45 minutos por muito pouco o Fluminense não virou. Wellington Nem foi lançado, dividiu a bola com Alessandro, ganhou, mas, sem ângulo, acabou chutando para fora, para desespero da torcida tricolor, que se contentou com o 1 a 1.

Pelo Campeonato Carioca o Vasco volta a campo no próximo domingo, às 16horas (de Brasília), quando recebe o Audax em São Januário. No mesmo dia, só que às 18h30 (de Brasília), o Fluminense visita o Volta Redonda no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Antes disso, porém, na quarta-feira, na Venezuela, o Tricolor estreia na Copa Libertadores duelando o Caracas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade