Maratona Aquática/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Ana Marcela Cunha ganha prata na etapa argentina da Copa do Mundo

Viedma (Argentina)

Neste sábado, na segunda etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, disputada na Argentina, Ana Marcela Cunha ganhou a medalha de prata, ficando somente atrás da norte-ameriana Emily Brunemann, que já havia vencido a etapa de abertura, em Santos (SP). A travessia na cidade de Viedma (ARG) teve 10 km de extensão.

Completando o pódio entre as mulheres veio a alemã Nadine Reichert, que ficou em terceiro. Outra representante do Brasil, Poliana Okimoto nem nadou neste sábado, pois passou mal e não conseguiu disputar a maratona.

No masculino, o francês Romain Beraud, que também havia vencido em Santos, novamente ficou no lugar mais alto do pódio. Damien Cattin Vidal, também da França, e o alemão Thomas Lurz, que havia sido desclassificado na primeira etapa, ficaram em segundo e terceiro, respectivamente. O brasileiro Allan do Carmo, quarto em Santos, fechou na sexta colocação na etapa argentina.

Divulgação/CBDA
Ana Marcela Cunha ficou com a prata na etapa argentina. Foto: Ricardo Brandão

Os também brasileiros Victor Colonese e Matheus Evangelista, assim como Poliana Okimoto, passaram mal e não conseguiram completar a prova.

Ana Marcela Cunha é a atual campeã do circuito da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, tendo conquistado o título em 2012 e 2010. Poliana Okimoto foi a primeira brasileira a sagrar-se campeã, em 2009. A competição, toda disputada com percurso olímpico de 10 km, terá oito etapas em 2013, sendo a última disputada na China, em outubro.

No ano passado, em Viadma, Ana Marcela ficou em sexto lugar, Allan do Carmo fechou em oitavo, Victor Colonese chegou em 14º e Linecker Denardi terminou na 29ª colocação. Na ocasião, o grego Spyridon Gianniotis e a norte-americana Eva Fabian foram os vencedores.

As etapas restantes da Copa do Mundo são: Eilat – Israel (1º de março), Cancún – México (13 de abril), Lac. St-Jean – Canadá (25 de julho), Lac Megantic - Canadá (10 de agosto), Hong Kong (6 de outubro) e Shantou – China (13 de outubro).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade