Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Pai de Marcelo Moreno veta negócio com o “fracassado” Palmeiras

São Paulo (SP)

A transação envolvendo o atacante Hernán Barcos para o Grêmio vai render muita dor de cabeça ao Palmeiras. Depois de o diretor executivo José Carlos Brunoro admitir que apenas o zagueiro Vilson aceitou entrar na troca pelo argentino, o pai e empresário do atacante Marcelo Moreno, Mauro Martins, esbravejou contra o Verdão. O agente chamou o time de “fracassado” e negou que exista qualquer chance de o negócio ser concretizado.

“O Palmeiras não tem dinheiro, não tem jogador, e os jogadores de lá são fracassados. É um time fracassado. Para time menor que o Grêmio, meu filho não vai. Ninguém do Palmeiras me procurou e é melhor nem me procurar”, vociferou Mauro Martins, em entrevista à Rádio Bradesco Esportes.

O pai do jogador também anulou qualquer possibilidade de seu filho defender outro time brasileiro e garantiu que não o deixará descumprir os anos de contrato que tem pela frente com o Grêmio. “Não quero que ele vá para um clube para ajudar a levantar e depois ser mandado embora. É um absurdo da parte do meu filho fazer isso (mudar de time) sem me consultar. Com outro clube brasileiro não tem negócio", completou.

Divulgação/Grêmio
O pai de Moreno esbravejou contra a ida de seu filho para o Verdão: "É um time fracassado" (Foto: Itamar Aguiar)
Marcelo Moreno era um dos cinco nomes cotados para entrar no negócio com Hernán Barcos. Além do boliviano e do zagueiro Vilson, o Grêmio cederia Léo Gago, Rondinelly e Leandro, junto com o pagamento de R$ 8 milhões ao Palmeiras. Os gaúchos também assumiriam todas as dívidas relacionadas ao jogador, incluindo os salários atrasados e pagamentos de suas parcelas de compra da LDU de Quito.

Porém, ao que tudo indica, o próprio atleta não parece disposto a deixar Porto Alegre para atuar pelo Palmeiras na segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Por meio de sua página pessoal no Twitter, o atacante postou uma mensagem reforçando o desejo de cumprir contrato com o time gaúcho. “Grêmio até 2015. Muito feliz, rumo ao tri da Libertadores!”, escreveu o atleta, que foi contratado do Shakhtar Donetsk em dezembro de 2011 e atuou durante toda a última temporada como titular do Tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade