Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Ney ignora má fase do São Caetano e tem cuidado com Rivaldo

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O máximo que o São Caetano conseguiu até agora foi uma vitória neste Campeonato Paulista. Com outros dois empates, o time do ABC ocupa a zona de rebaixamento, mas isso não ilude o técnico do São Paulo, Ney Franco, que se mostra bastante atento ao principal jogador do adversário: o meia Rivaldo.

“Ele está em um bom momento, entrou e fez gol contra o Corinthians, assim como também marcou contra o Bragantino. É um meia de ligação que chega bastante dentro da área, tendo dois atacantes nas beiradas. Ele merece cuidados, porque sabe fazer gols e finalizar”, avaliou.

Depois da vitória sobre o Atlético Sorocaba na rodada de abertura do Paulistão, o São Caetano não conseguiu mais triunfar. No entanto, Ney Franco avisa que não pode analisar apenas a campanha do adversário, e sim as principais opções do oponente.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ney Franco está atento a Rivaldo e também avisa que seu time não pode dar espaço a Jobson
“Não posso cair na armadilha de ver números. O São Caetano é um time muito experiente. Eles têm também o Jobson, que não pode ser desprezado, porque, se tiver um descuido, ele desequilibra. É uma equipe bem armada e ganhar lá é sempre complicado para qualquer equipe”, acrescentou.

Ao elogiar também o técnico Geninho, o comandante tricolor deu a receita para seu time triunfar. “Temos de entrar com a mesma entrega que tivemos contra o Guarani em Campinas. Precisamos de um envolvimento como aquele contra um treinador muito qualificado”, completou.

São Paulo e São Caetano se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Anacleta Campanella, em jogo remarcado da segunda rodada do Campeonato Paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade