Atletismo/Bastidores - ( - Atualizado )

Pistorius negocia liberdade condicional na próxima quinta-feira

Pretória (África do Sul)

Há exatamente um mês, Oscar Pistorius era liberado pela Alta Corte de Pretória (AFS) para viver sobre liberdade condicional, após pagamento de fiança de um milhão de rands (aproximadamente R$ 200 mil). Na próxima quinta-feira, a lenda paralímpica volta ao tribunal para negociar as regras da sentença.

Acusado de matar a namorada Reeva Steenkamp de forma premeditada, Pistorius teve o seu passaporte recolhido e está proibido de voltar ao local onde morava, cena do crime, e de conversar com os seus antigos vizinhos. Além disso, o biamputado tem que realizar testes obrigatórios de drogas e álcool periodicamente.

“A data da audiência não foi sugerida por nós. Mas tivemos que forçá-la porque temos que conseguir a apelação o mais rápido possível”, afirma Kenny Oldwadge, advogado do atleta.

Além de Pistorius, irá comparecer à Alta Corte de Pretória na próxima semana o seu irmão mais velho, Carl. Ele deve depor às autoridades locais sobre o caso na quarta e quinta-feira, coincidindo com o dia da apelação de Oscar.

AFP
Acusado de premeditar crime, Pistorius garante que atirou na namorada após confundi-la com ladrão

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade