Atletismo/Meia Maratona de Nova York - ( - Atualizado )

Quenianos levam a melhor na Meia Maratona de Nova York

Nova York (EUA)

Sob neve e uma temperatura muito baixa, os quenianos se deram bem em Nova York. Na primeira grande corrida de rua na cidade desde o cancelamento da Maratona, em novembro, Wilson Kipsang e Caroline Rotich triunfaram na Meia Maratona. Cada um levou US$ 20 milhões (R$ 39,4 milhões).

Kipsang, bronze na maratona dos Jogos Olímpicos de Londres, desgarrou-se de seus principais concorrentes depois de fazer a volta no Central Park. Ele terminou a prova em 1h01min02, quatro segundos à frente do italiano Daniele Meucci e oito segundos à frente do norte-americano Dathan Ritzenhein.

Na prova feminina, Caroline Rotich chegou a a abrir boa distância antes de ser alcançada por Diane Nukuri-Johnson, de Burundi, e Lisa Stublic, dos Estados Unidos. No final, a queniana conseguiu apertar o passo, cruzando a linha de chega após 1h09min09, três segundos à frente de Nukuri-Johnson e nove segundos à frente de Stublic.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade