Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Diego Costa é cortado da seleção espanhola por lesão muscular

Madri (Espanha)

Envolvido em polêmica nos últimos meses por ter escolhido defender a Espanha em detrimento ao Brasil, o atacante Diego Costa foi cortado da lista de convocadas dos atuais campeões mundiais. Nesta segunda-feira, o site oficial do clube do jogador sergipano, Atlético de Madrid, confirmou que o camisa 19 foi diagnosticado com ruptura fibrilar no adutor mediano do músculo direito e é desfalque certo para os amistosos contra Guiné Equatorial e África do Sul.

Chamado pelo treinador Vicente Del Bosque para defender a Espanha pela primeira vez em sua carreira, o atacante marcou presença na sede da Real Federação Espanhola de Futebol (Rfef), nesta segunda-feira, e teve corte confirmado. Os médicos do Atlético de Madrid e da seleção, José María Villalón e Óscar Luis Celada, respectivamente, também estiveram no local. O centroavante Fernando Llorente, da Juventus, foi convocado para vaga do sergipano.

Em fase de recuperação do problema físico, Diego Costa passa por período de descanso e fisioterapia, ainda sem ter data oficial para retornar. Certo é que o atleta brasileiro não estará apto para entrar em campo diante de Guiné Equatorial, neste sábado, e tampouco contra África do Sul, na próxima terça-feira. O próximo confronto da Espanha será em 5 de março de 2014, contra Itália, no estádio Vicente Calderón.

Antes de ser chamado por Del Bosque, o atacante atuou pela Seleção Brasileira em amistosos contra Itália e Rússia, em março deste ano. O jogador do Atlético de Madrid foi novamente convocado por Luiz Felipe Scolari para duelos contra Honduras e Chile, mas optou por defender a Espanha.

AFP
Diego Costa soma 16 gols em 17 partidas pelo Atlético de Madrid neste início de temporada

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade