Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Operário morre em obras do estádio da Copa em Manaus

Manaus (AM)

Mais um acontecimento triste marcou os bastidores da Copa do Mundo de 2014. Na manhã deste sábado foi confirmada a morte de Marcleudo de Melo Ferreira, de 22 anos, um dos operários que trabalhavam nas obras da Arena Amazônia, em Manaus. O funcionário realizava trabalhos na montagem da cobertura e caiu de uma altura de aproximadamente 35 metros.

Segundo nota emitida pela Construtora Andrade Gutierrez, responsável pelas obras no estádio, o acidente aconteceu na madrugada e Marcleudo foi levado ao hospital ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

A construtora também afirmou que abrirá as investigações para saber os reais motivos do acidente. De acordo com outros operários que estavam no local no momento, a queda aconteceu por causa do rompimento de um cabo.

O acidente deste sábado é o segundo que causa a morte de funcionários na Arena Amazônia. Em maio deste ano, Raimundo Nonato Lima da Costa, de 49 anos, perdeu a vida após sofrer uma queda de uma altura aproximada de cinco metros. As investigações apontam que ele tenha caído ao tentar uma travessia de uma coluna para um andaime.

Além das duas mortes em Manaus, outros três acidentes aconteceram em obras para os estádios da Copa do Mundo de 2014. O mais recente deles foi em São Paulo, quando um dos guindastes das obras do estádio do Corinthians tombou e causou a morte de duas pessoas. O outro foi em Brasília, em junho, no qual a morte também foi causada por uma queda.

Confira a nota da construtora:

É com pesar que a Construtora Andrade Gutierrez informa que por volta das 4h da manhã de hoje, 14/12/2013, o operário Marcleudo de Melo Ferreira, 22 anos, natural de Limoeiro do Norte - CE, funcionário de empresa subcontratada que presta serviços na montagem da cobertura da Arena da Amazônia, sofreu uma queda de uma altura de cerca de 35 metros, sendo socorrido e levado ao Pronto Socorro 28 de Agosto ainda com vida, onde não resistiu aos ferimentos e veio a falecer nesta manhã.

Reiteramos o compromisso assumido com a segurança de todos os funcionários e que uma investigação interna está sendo feita para apurar as causas do acidente. As medidas legais estão sendo tomadas em conjunto com os órgãos competentes.

Lamentamos profundamente o acidente ocorrido e estamos prestando total assistência à família do operário. Em respeito à memória do mesmo, os trabalhos deste sábado foram interrompidos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade