Atletismo/Maratona de Londres - ( - Atualizado )

Após gripe, Marilson confirma participação na Maratona de Londres

Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Acometido por uma forte gripe recentemente, Marilson Gomes dos Santos pensou em abdicar da Maratona de Londres, mas resolveu participar da competição, marcada para o próximo domingo (dia 13). O brasileiro deve viajar para a Europa na terça-feira.

Marilson realizou a parte final de sua preparação na altitude de Campos do Jordão. Neste sábado, já em São Caetano do Sul, sede da equipe BM&F Bovespa, o competidor passou por uma avaliação e decidiu, em conjunto com o técnico Adauto Domingues, correr a prova na capital inglesa.

“Como a gripe foi muito forte, ficamos na dúvida e preferimos esperar até o último momento para confirmar. Vamos participar com a ideia de fazer uma prova mais conservadora. Não vou tentar bater minha melhor marca, mas acho que é possível conseguir um tempo que me deixe bem colocado na corrida e no ranking”, disse o fundista à Gazeta Esportiva.

Embora não esteja na melhor forma, Marilson acredita na possibilidade de fazer o índice da maratona para os Jogos Pan-americanos de Toronto-2015 e para o Mundial de Pequim-2015. O brasileiro deseja se classificar para as duas competições, mas participará apenas de uma delas.

Em sua última maratona, disputada em Berlim no mês de setembro de 2013, Marilson foi o sexto colocado e viu o queniano Wilson Kipsang estabelecer o novo recorde mundial. Nesta temporada, o brasileiro venceu a Corrida de Reis (10km) e não completou a Meia Maratona de São Paulo.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Uma forte gripe atrapalhou a preparação de Marilson Gomes dos Santos para a disputa da Maratona de Londres
Dono de três títulos da Corrida Internacional de São Silvestre e bicampeão da Maratona de Nova York, Marilson costuma render bem na capital britânica. Na Maratona de Londres-2011, ele alcançou seu melhor tempo na distância (2h06min34s) e nos Jogos Olímpicos-2012, terminou na quinta posição.

A grande atração da maratona do próximo domingo, pelo menos para o público britânico, deve ser a estreia de Mo Farah na distância. Um dos destaques dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, ele levou o ouro nos 5 e 10 mil metros. No Mundial de Moscou-2013, repetiu os títulos.

Grandes maratonistas são esperados em Londres, como o etíope Tsegaye Kebede, atual campeão da prova, e o ugandense Stephen Kiprotich, campeão olímpico e mundial, além dos quenianos Wilson Kipsang, recordista mundial, e Emmanuel Mutai, recordista da prova. O etíope Haile Gebrselassie, lenda do atletismo, atuará como coelho na tentativa de forçar um recorde mundial.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade