Atletismo/Liga de Diamante - ( - Atualizado )

Presidente da Diamond League viajará ao RJ para conhecer Engenhão

Belém (PA)

José Antônio Martins Fernandes, mandatário da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), deseja incluir o Rio de Janeiro na Diamond League, principal circuito da modalidade. O tcheco Petr Stastny, presidente da entidade, está em Belém para acompanhar o 30º Grande Prêmio Brasil neste final de semana e viajará ao Rio de Janeiro para conhecer o Engenhão, sede do atetismo nos Jogos 2016.

Atualmente, 14 cidades organizam etapas do circuito. Em novembro, o Conselho da liga analisará as propostas de Pequim (China), Rabat (Marrocos), Ostrava (República Tcheca) e Rio de Janeiro (Brasil). Por enquanto, Petr Stastny vem estudando as ofertas.

"Vou fazer um relatório sobre as candidaturas. Pode até ser que não entre outro meeting, mas a possibilidade existe. O Conselho da liga vai deliberar a respeito em sua próxima reunião”, afirmou o dirigente em comunicado enviado pela assessoria de imprensa da CBAt.

De acordo com o tcheco, a candidata de seu país está praticamente fora da disputa. "Acho difícil entrar uma nova cidade europeia, embora Ostrava faça já há tempos um meeting de muito bom nível. Mas todas terão seus projetos analisados", declarou Petr Stastny.

Wagner Carmo/CBAt
O jamaicano Asafa Powell, ex-recordista mundial, é a principal estrela do Grande Prêmio Brasil, em Belém
O superintendente técnico da CBAt, Martinho Santos, acompanhará o presidente da liga em uma visita ao Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. "Será importante, já que o estádio é o palco do torneio do atletismo dos Jogos de 2016", declarou o dirigente brasileiro.