Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Fábio minimiza oscilação do Inter e quer Palmeiras unido por reação

São Paulo (SP)

O Palmeiras precisa de mais uma vitória no Campeonato Brasileiro para se distanciar da zona de rebaixamento. Depois da vitória sobre o Coritiba, na rodada passada da competição, o time paulista enfrenta neste sábado o Internacional, que passa por um período de instabilidade, mas o goleiro Fábio alerta que a situação do adversário não pode iludir o Verdão.

“Não tem jogo fácil no Brasileiro. O Inter está em uma fase ruim também e temos de nos unir em casa, com o apoio da torcida. Tomara que os torcedores compareçam para nos ajudar, como vêm nos incentivando, porque temos de mostrar em campo que estamos lutando”, declarou.

O Colorado amarga uma sequência de três derrotas, sendo duas pelo Campeonato Brasileiro (São Paulo e Atlético-MG) e uma pela Copa Sul-americana (Bahia). No entanto, mesmo com os maus resultados no Nacional, o time gaúcho ainda aparece na terceira posição, com 31 pontos.

Já o Palmeiras ocupa somente o 16º lugar, com 17 pontos, levando vantagem sobre o Criciúma, primeiro na área da degola, apenas nos critérios de desempate. O Verdão, que chegou a ficar dez rodadas sem triunfar no campeonato, conseguiu a recuperação com a vitória sobre o Coritiba, no fim de semana passado.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Fábio não se ilude com a sequência de três derrotas do Internacional, contando Brasileiro e Sul-americana
“Contra o Coritiba, nossa postura foi diferente e vamos nos fechar assim, porque temos totais condições de reverter essa situação”, acrescentou o goleiro, que, neste momento, tem como único objetivo eliminar o risco de degola.

“É nossa realidade hoje no Brasileiro (brigar contra o rebaixamento), porque não estamos em uma colocação boa. Pensamos em cada jogo e teremos o Inter no sábado, sabendo que temos de subir na tabela o quanto antes”, ponderou.

Por isso, a ordem no clube é esquecer o tropeço para o Atlético-MG na quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. “Vamos trocar o chip, porque agora é Brasileiro, em um jogo difícil”, completou.