Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Mal no Brasileiro, Criciúma concentra esforços na Sul-americana

Criciúma (SC)

O Criciúma, ainda sob comando interino, espera afastar a má fase selando a classificação à fase internacional da Copa Sul-Americana. Ocupando a 17ª posição na tabela do Brasileiro e amargando uma sequência de oito jogos sem vencer, o Tigre esquece o mau retrospecto na Série A para tentar vencer, avançar à próxima fase e usar a classificação como combustível para se manter na elite do futebol nacional.

O atacante Silvinho, que disputou sua última competição internacional justamente pelo São Paulo – a Libertadores do último ano –, admite que a equipe precisa passar por uma mudança de pensamento. “Sabemos que é outra competição, o nosso foco total é manter o time na primeira divisão do Brasileiro, mas a Sul-americana é importante. Querendo ou não, é contra um time grande e na casa deles, então esperamos conseguir um bom resultado para nos classificarmos”, salientou o jogador.

Endossando o discurso do companheiro, João Vitor afirma que a vitória trará confiança à equipe. “Precisamos ganhar confiança, coisa que a gente não vem tendo por conta das derrotas que vem acontecendo. Assim que retomarmos a confiança, voltaremos a jogar um bom futebol para reagir no Brasileiro”, garantiu o volante.

Entretanto, o volante refuta a ideia de que a disputa de um torneio internacional transmite um ânimo a mais ao atleta. “A motivação vem de cada jogo, não precisamos de um ‘algo a mais’ para fazermos aquilo que gostamos. Todas as competições têm de ser encaradas com respeito e dedicação, agora não vai ser diferente”, comentou João.

Apesar de ter vencido a primeira partida por 2 a 1, resultado que deu uma folga na sequência de revezes que insiste em perdurar na Série A, os atletas do Tigre sabem que tal vantagem não é sinônimo de garantia. “Temos a vantagem, mas sabemos da qualidade do São Paulo. Temos que entrar concentrados e sabendo o que fazer para não cometermos nenhum erro e não oferecermos chances a eles” ressaltou o jogador, que já atuou no futebol paulista, defendendo o Palmeiras entre 2011 e 2012.

Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.
Ausente do duelo contra o Sport, pela Série A, João Vitor volta à equipe para o duelo pela Sul-americana